Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Jayme lamenta bobeira, mas aprova equipe do Fla: “Jogou bem de novo”

Brasília (DF)

Em mais uma partida sob o comando de Jayme de Almeida, o Flamengo começou bem, dominou o adversário e não teve trabalho para inaugurar o marcador. Diante de um Vasco nervoso, principalmente por causa do ‘fantasma’ da zona de rebaixamento, o time da Gávea teve a oportunidade de até ampliar o marcador, mas caiu de rendimento na volta do intervalo e viu o adversário empatar o clássico. O treinador lamentou a “bobeira” que possibilitou a igualdade.

“O Flamengo fez um primeiro tempo muito bom, repetindo o que estamos fazendo desde o jogo contra o Náutico, e conseguimos fazer o gol. No segundo tempo, o Vasco mudou o jeito de jogar, a partida estava igual, sem chances para os dois lados, até o momento do gol do Vasco, quando eles cresceram. Eu acho que se não tivéssemos dado aquela bobeira, nós sairíamos com um resultado positivo”, analisou o treinador do Flamengo.

Apesar de ter criticado o momento de desatenção da equipe rubro-negra no segundo tempo, o que permitiu o crescimento do Vasco na partida, Jayme de Almeida preferiu não lamentar o empate. O treinador optou por exaltar a atuação do Flamengo, se deixar de citar a postura do adversário de São Januário, que foi bastante determinado na volta do intervalo.

“O que eu fico muito triste é que nossa equipe jogou bem de novo e o resultado positivo não veio. Foi uma pena, mas nós temos que respeitar o Vasco, que lutou e buscou o empate. Não podemos ficar lamentando o empate”, disse o treinador do Flamengo, um dos responsáveis pela melhora da equipe na tabela de classificação.

Desde o empate com o Náutico, quando assumiu o comando rubro-negro, Jayme de Almeyda emplacou duas boas vitórias – 4 x 1 sobre o Criciúma e 2 x 0 sobre o Coritiba -, afastando o Flamengo da zona de rebaixamento. Na próxima quinta-feira, para manter o embalo, o time carioca recebe o Inter, no Maracanã.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade