Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Jorginho comemora vitória em confronto direto, mas pede calma em campo

Campinas (SP)

Nesta quarta-feira, a Ponte Preta bateu o Coritiba por 1 a 0 e ganhou fôlego extra na briga contra o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, a Macaca chegou aos 29 pontos, cinco a menos que o primeiro time fora da zona da degola – justamente o Coritiba, que pode perder o posto para o Vasco no complemento desta 29ª rodada.

“Nós ganhamos de uma equipe numa luta direta com a gente, pode ser que entrem nessa rodada na zona. Era um jogo importante para continuar na luta e diminuir a diferença para os que estão fora da zona de rebaixamento

Apesar do triunfo que mantém a Ponte viva no Campeonato Brasileiro, o treinador acredita que o time ainda pode crescer dentro de campo. Para ele, o nervosismo e a afobação são os principais rivais da Macaca.

“Devemos ter um pouco mais de calma, segurar mais a bola. A gente se desfazia muito rápido dela, tentava definir muito rápido. Temos que trabalhar um pouco mais para envolver o adversário e esperar o momento certo para pegar o adversário no mano a mano”, analisa.

Por fim, Jorginho elogiou o apoio dos torcedores que entendem o momento da Ponte e compareceram no Moisés Lucarelli. “A torcida é exigente, mas está de parabéns. Ela vê o que a equipe está fazendo e entende, vê que estamos trabalhando sério. Só tenho a agradecer. Isso faz eu me entregar de todo coração para fazer a gente ficar na Série A”, conclui.

PontePress/DJota Carvalho
Jorginho quer Ponte Preta mais tranquila em campo na reta final do Brasileiro

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade