Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Kleina confia em Felipe Menezes para suprir ausência de Valdivia

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O técnico Gilson Kleina tinha esperança de utilizar o meia Valdivia na partida contra o Bragantino, neste sábado. Porém, com o veto do departamento médico ao jogador, o treinador teve de reajustar a equipe, colocando agora Felipe Menezes, que ficou no banco na rodada anterior mesmo com as ausências do chileno e de Mendieta.

“No último jogo, tive de mexer muito no time e conversei com o Felipe, porque eu ia dar liberdade aos três atacantes e precisava proteger atrás. Já neste sábado, precisamos da articulação, e ele tem totais condições de suprir. Protege a bola e tem finalização de média distância muito boa. Espero que tenha mais eficiência nisso, além de ser bom passador e nos ajudar nessa posição, para a bola poder chegar à frente”, afirmou o técnico.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Felipe Menezes é a esperança de Gilson Kleina nas ausências de Mendieta e Valdivia
Na derrota para o Icasa, Kleina preferiu deixar Felipe Menezes no banco e escalar três volantes, com Léo Gago, Marcelo Oliveira e Wesley improvisado na armação. Porém, diante da má atuação da equipe, o técnico colocou o meia no intervalo, mas o jogador também jogou muito mal.

Agora, com Mendieta operado (joelho esquerdo), o técnico foi obrigado a recorrer a Felipe Menezes. “Esperamos que ele aproveite cada vez mais as oportunidades”, declarou o técnico, mesmo sabendo que a torcida não tem confiança no futebol do atleta.

Por isso, Kleina esperou até o fim para desistir de escalar Valdivia, que estava servindo à seleção chilena, sua prioridade nesta temporada. O camisa 10 palmeirense sofreu na partida contra o Equador a batida na parte de trás do joelho esquerdo e foi vetado pelos médicos.

“Ele jogou os 90 minutos com o Chile na terça e chegou aqui reclamando da pancada. Por isso, fez ontem (quinta) o trabalho que tínhamos prescrito. Hoje, até participou dos dois toques, se movimentou e fez gol, mas voltou a sentir no fim. O médico veio conversar comigo e ele está vetado do jogo”, completou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade