Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Longe do título, Atlético-MG concentra forças para vencer clássico

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG ainda tem chance até de brigar pelo título Brasileiro, mas a diferença de pontos em favor do arquirrival Cruzeiro é grande, por isso, os jogadores do Galo já concentram forças para o Mundial de Clubes, mas antes, os atleticanos duelam contra a Raposa, no maior clássico de Minas Gerais. O pensamento é de vencer os cruzeirenses para tentar impedir os celestes de levantarem a taça.

Na última quarta-feira, o técnico Cuca poupou jogadores que estão pendurados e com desgaste pelo excesso de jogos, já pensando no clássico. O atacante Diego Tardelli assistiu a derrota alvinegra para a Ponte Preta do banco de reservas, mas deixa claro que o objetivo é sim vencer o arquirrival no domingo, no estádio Independência.

“Muita gente foi poupada. Essa foi a intenção do Cuca, porque muita gente com dois cartões amarelos. Agora é pensar no clássico. Trabalhar essa semana para chegar no domingo bem”, disse Tardelli, que assumiu a função de Ronaldinho Gaúcho, fora de combate devido lesão muscular na coxa.

Assim como o Galo, a Raposa perdeu na rodada passada do Brasileiro, mas o lateral Marcos Rocha considera que isso não deve influenciar no clássico de domingo. “Não vai influenciar. Acho que é uma equipe muito bem estruturada. O emocional deles também está muito bem. Acho que é apenas a quarta ou quinta derrota na competição. Mas temos que jogar o nosso futebol. Jogamos dentro de casa e o nosso objetivo é conquistar os três pontos”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade