Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Luis Fabiano admite que esteve perto de sair, mas evitou “burrice”

São Paulo (SP)

O atacante Luis Fabiano atravessou um momento bastante complicado no São Paulo. Colocado à disposição para negociação pelo presidente Juvenal Juvêncio depois da eliminação na Copa Libertadores da América, o jogador reconhece que esteve perto da despedida.

“Por mais que tenha recebido proposta e tenha ficado muito perto de deixar o São Paulo, minha cabeça sempre teve vontade de permanecer, porque fiz um grande esforço para voltar ao clube e seria burrice sair do nada. Sou profissional e posso sair, mas minha cabeça é de cumprir o contrato. Tenho mais dois anos, com muitas coisas para viver”, afirmou o atleta, em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

O jogador explicou que as ofertas apareceram depois da declaração de Juvenal Juvêncio, sendo que o futebol do Catar seria um dos possíveis destinos. Porém, o camisa 9 acabou se acertando com a diretoria para permanecer no clube. Pouco tempo depois, o Tricolor confirmou a prorrogação do vínculo em mais nove meses, terminando no fim de 2015.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Luis Fabiano acredita que teria sido "burrice" uma saída do clube após polêmica com Juvenal

“Como ele expôs aquilo no meio de comunicação, começaram a aparecer mil interessados, e fui repassando. Esperei e, depois de muita conversa, a gente decidiu que eu continuaria no São Paulo por mais este ano. Gosto muito dele”, ponderou.

Apesar da boa relação com o mandatário, o atacante confirmou que foi pego de surpresa com a polêmica criada por Juvenal. “Ele tem uma personalidade muito parecida com a minha. Naquela ocasião, fiquei surpreso, mas entendi o lado dele, porque foi bombardeado com perguntas. Depois daquela entrevista, fiquei calado e surpreso”, completou.

Confira a entrevista abaixo:

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade