Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Luis Fabiano já integra lista de prováveis poupados no sábado

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Mal voltou ao time após seis jogos, Luis Fabiano já pode ficar fora novamente no São Paulo. Segundo o técnico Muricy Ramalho, o atacante não está em plenas condições físicas e possivemelmente será poupado no fim de semana (contra a Portuguesa, pelo Campeonato Brasileiro) para poder atuar na próxima quarta-feira (no jogo de volta contra o Atlético Nacional, pela Copa Sul-americana).

Nesta quarta-feira, o artilheiro fez dupla com Aloísio e deixou Ademilson no banco até os 30 minutos do segundo tempo. O prata da casa, porém, teve o nome gritado bem mais cedo por parte da torcida que se mostrou insatisfeita com o rendimento do novo ataque. Para Muricy, o desempenho do camisa 9 ficou dentro do esperado.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Atacante são-paulino esteve apagado na quarta-feira
"É natural, ele vinha de algum tempo sem jogar e sentiu um pouco o ritmo. Estamos em um ritmo muito forte. Fizemos um primeiro tempo muito bom, e o jogador sente. Quem sabe, um pouco mais para frente... Mas é jogador de Seleção, de Copa do Mundo, não pode nunca desistir de um jogador como ele", argumentou.

Apesar da defesa ao centroavante de 32 anos, o treinador deixou claro que ninguém tem titularidade absoluta seu comando. Nem mesmo Luis Fabiano. Para falar disso, ele usou exemplo de Neymar, seu jogador no Santos e que acaba de ficar no banco de reservas do Barcelona.

"Só aqui é que não se aceita jogador no banco. Vem ondinha, polêmica. Tem hora que não dá para jogar. O Neymar é o melhor e está no banquinho. O cara (o argentino Gerardo Martino, treinador do time espanhol) achou melhor pará-lo um pouco. Aqui, a primeira coisa que se faz é perguntar para quem saiu, não a quem entrou", citou, ao prometer o mesmo com seu homem-gol.

"Vai acontecer, sim. Tem hora que ele não vai jogar. Ele teve esse problema sério e não está 100% fisicamente. Ora vou pôr um, ora outro. Eu estava fazendo isso no Santos com o Leo. Aqui, no Brasil, não se entende, mas vai entender. Pode ser que não jogue no sábado e jogue na quarta-feira. Vai ter que ter tempo para treinar", concluiu.

A preparação para o duelo com a Portuguesa começa na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. A partir de domingo, sim, a preocupação volta a ser o Nacional. Na quarta-feira que vem, um empate em Medellín basta para levar o São Paulo à semifinal da Sul-americana.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade