Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Mal no Real Madrid, Bale pode pintar no Manchester United, diz jornal

Manchester (Inglaterra)

Mal chegou e já pode sair. Contratado pelo maior valor da história do futebol (R$ 302 milhões), o galês Gareth Bale pode se despedir do Real Madrid antes mesmo de completar um ano no clube merengue. De acordo com o jornal inglês Metro, o Manchester United pode tentar a contratação do atacante em 2014, aproveitando-se do péssimo momento vivido pelo jogador na equipe de Santiago Bernabéu.

Vale lembra que, há três meses, quando Bale saiu do Tottenham rumo ao Real Madrid, os Red Devils demostraram interesse na contratação do canhoto, eleito o melhor jogador da última Premier League. No entanto, o alto valor oferecido pelo clube espanhol evitou qualquer concorrência, e o United não conseguiu contar com o galês.

Porém, o começo irregular de Bale no Real Madrid pode abrir as portas para o time de Manchester preparar nova investida. O galês anotou apenas um gol nas seis partidas em que entrou em campo e começou apenas duas como titular. Ele ficou um bom tempo fora por lesão e ainda parece longe de se adaptar ao futebol espanhol.

AFP
Questionado no Real Madrid, Gareth Bale pode ser vendido ao Manchester United, também em mau momento

Ao Campeonato Inglês, porém, ele já está acostumado. O jovem de 24 anos foi o destaque do Tottenham na competição nacional da última temporada e terminou como artilheiro do time com 21 gols. Além disto, foi o terceiro maior goleador e eleito o melhor jogador do torneio.

Como o Manchester United também não se achou neste início de temporada – é apenas o oitavo colocado da Premier League-, veria em Bale um bom valor para se apostar. Para isto, no entanto, o clube de Old Trafford aguarda um 'corte de gastos' do Real Madrid, que desembolsou um valor estratosférico para tirar o atacante da Inglaterra.

A oferta poderia ser feita no fim da atual temporada, ou no meio do ano que vem, durante o recesso para a Copa do Mundo no Brasil. Ainda segundo a publicação, a chegada de Bale, além de aumentar a qualidade do time, também seria encarada como uma resposta do técnico David Moyes e do diretor executivo do Manchester, Ed Woodward, aos 'fracassos' do clube vermelho na última janela de transferências.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade