Futebol/Amistosos Internacionais - ( - Atualizado )

Marcelo ignora fuso horário e ressalta alegria em defender a Seleção

Paju (Coreia do Sul)

Pouco mais de doze de horas de viagem e um fuso horário de nove em relação a Madri, na Espanha. Todas estas dificuldades foram (e estão sendo) encontradas pelo lateral esquerdo do Real Madrid, Marcelo, em Seul, na Coreia do Sul, antes do amistoso da Seleção Brasileira diante da seleção local, neste sábado, às 8 horas (de Brasília). Apesar disto, o jogador ignorou os problemas e ressaltou o orgulho de vestir a camisa verde e amarela, mesmo que em uma partida que não tenha tanto valor para a história da equipe pentacampeã mundial.

“É só parar um pouco e pensar em quantas pessoas, jogadores, crianças gostariam de estar no nosso lugar, representando o nosso País. Eu ainda sou privilegiado por jogar em um dos melhores clubes do mundo (Real Madrid) e em uma das melhores seleções do planeta. Então eu sempre fico muito feliz quando venho para a Seleção, treinar, jogar; Eu tenho orgulho de vestir a camisa do Brasil e muita alegria quando eu defendo as cores do nosso País”, disse Marcelo, em entrevista à CBF TV.

O lateral ainda minimizou o fato de o amistoso deste sábado acontecer contra uma seleção de pouca representatividade para o futebol mundial. Apesar de já classificada para a Copa do Mundo de 2014, a Coreia do Sul não tem uma equipe de primeiro porte e nem um bom histórico contra a Seleção Brasileira (uma vitória e três derrotas em quatro partidas).

“A gente pensa sempre na nossa família, no povo brasileiro, que torce bastante para a gente. Então, não importa contra quem é o jogo: Nós sempre viemos para a Seleção Brasileira com vontade de vencer, mostrar o nosso trabalho e deixar claro para o torcedor brasileiro o orgulho e alegria que temos em vestir a camisa da Seleção”, acrescentou.

Nesta quarta-feira, os comandados de Luiz Felipe Solari participaram do primeiro treinamento com bola em território sul-coreano. O treinador conduziu uma atividade tática e técnica, com ênfase na marcação, no KFA National Football Centre, na cidade de Paju, a 60 km da capital do país, e não deu indícios do time que mandará a campo neste sábado, às 8 horas (de Brasília), no amistoso disputado no Estádio Sang-Am. Dois dias depois, o Brasil mede forças com a Zâmbia no Estádio Ninho de Pássaro, em Pequim (China).

Mowa Press
Ainda brigando contra o fuso horário, Marcelo deve ser titular no amistoso contra a Coreia do Sul

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade