Futebol - ( - Atualizado )

Mário Gobbi pede fim de ano com "dignidade" e "respeito à torcida"

Porto Alegre (RS)

Terminada a partida que eliminou o Corinthians da Copa do Brasil, Mário Gobbi conversou com os jogadores no vestiário da Arena do Grêmio. O presidente do clube do Parque São Jorge pediu um fim digno à temporada nos oito jogos restantes do Campeonato Brasileiro.

“Fizemos um pacto de encher os olhos de sangue e buscar o que for possível nas oito partidas que temos. Não dá para consertar o que já passou. Dá para ajustar o que não está bom. Que nesses jogos a gente encerre o nosso ano com dig-ni-da-de, fazendo o possível e o impossível para entrar no G-4”, afirmou o dirigente.

Gobbi sabe que o objetivo não é dos mais simples, pois dez pontos separam o Corinthians da quarta colocação do Nacional. De qualquer maneira, não alcançando a meta de voltar à Copa Libertadores, mas mostrando empenho e bom futebol, o time já terminará um semestre frustrante de maneira menos negativa.

Divulgação/Agência Corinthians
Walter é um dos poucos jogadores em alta com o presidente Mário Gobbi (foto: Daniel Augusto Jr.)
“É sangrar para buscar os 24 pontos em disputa, fazer de tudo. Ainda que não consigamos isso, é encerrar o ano com dignidade, honra, encerrar o ano à altura das tradições e glórias do Corinthians, em respeito à torcida do Corinthians”, comentou o presidente.

O time alvinegro tentará dar no domingo, contra o Santos, em Araraquara, uma amostra de reação. Até a última rodada do Campeonato Brasileiro, em 8 de dezembro, a equipe de Tite ainda enfrentará Vitória (fora), Fluminense (casa), Coritiba (f), Vasco (c), Flamengo (f), Internacional (c) e Náutico (f).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade