Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Marquinhos justifica fama de fominha: “Não é por mal”

Salvador (BA)

Autor de quatro gols no Campeonato Brasileiro da Série A, o atacante Marquinhos, de 23 anos, é um dos destaques do Vitória na competição. O jogador é peça-chave na formação tática de Ney Franco e foi essencial no último triunfo do rubro-negro baiano, diante do Coritiba no estádio Barradão. Na ocasião, o atleta anotou o primeiro gol dos mandantes, aos 11 minutos da etapa inicial, na vitória por 2 a 1 sobre os paranaenses. Porém, mesmo com a boa fase, há quem conteste as dinâmicas do atleta dentro de campo, que recebe constantemente a alcunha de “fominha”.

Em entrevista ao periódico baiano Correio 24 Horas, quando questionado sobre o ato de segurar a bola em demasia, o atacante se defendeu: “Não é algo pensado ou por mal. É porque é complicado jogar para trás. Eu gosto de atuar pra frente, procurando estar sempre em cima do adversário. Quando você se posiciona atrás, corre o risco de perder a bola e tomar o contragolpe”, ressaltou.

Marquinhos declarou que tentará ser menos egoísta dentro das quatro linhas: “Com o tempo a gente vai ajustando isso no dia a dia, para não repetir mais esses erros”.

Além do Rubro-Negro baiano, o atacante soma passagens por Palmeiras e Flamengo, ambas por empréstimo. No clube palestrino, Marquinhos não obteve sucesso, sendo marcado pela expulsão diante diante da LDU de Quito, em partida válida pela fase inicial da Libertadores de 2009. Já no Rubro-Negro carioca, foi utilizado de maneira esporádica na reta final do Brasileirão de 2010 e no Campeonato Carioca do ano seguinte, retornando rapidamente a Salvador, onde reencontrou seu bom futebol.

O próximo compromisso do Vitória na elite nacional será nesta quinta-feira, quando os comandados de Ney Franco recebem o Botafogo no Barradão, em partida válida pela 29ª rodada da competição. A bola rola às 21 horas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade