Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Martelotte lamenta gol no fim e indica mais jovens nesta reta final

São Lourenço da Mata (PE)

Após outra derrota no Campeonato Brasileiro, o Náutico, que deverá ser matematicamente rebaixado na próxima rodada, o técnico Marcelo Martelotte tentou explicar o resultado. Na noite deste domingo, o time pernambucano foi superado pelo Goiás, por 2 a 0, em plena Arena Pernambuco.

“Fomos surpreendidos novamente no primeiro minuto, porque faltou atenção. A insegurança deixa as questões técnica e tática de lado. Você acaba sendo mais relapso em relação ao posicionamento”, analisou o treinador depois do revés em São Lourenço da Mata (PE).

Logo no primeiro lance de ataque, Júnior Viçosa lançou Wellinton Júnior na grande área e viu o colega dar um peixinho por baixo das pernas do goleiro Ricardo Berna, abrindo o placar do jogo. Amaral, também de cabeça, ampliou o marcador visitante, ainda na etapa inicial.

Mas, durante a partida, Martelotte pelo menos pode observar alguns atletas – o zagueiro Diego e o volante Hélder, por exemplo, são formados pelas categorias de base do clube alvirrubro e começaram titulares. “Achamos que o momento é propício pra fazermos algumas análises”, comentou.

A degola para a segunda divisão deverá vir no próximo sábado. O Timbu visitará o Atlético-MG, às 21 horas (de Brasília), no Independência, em Belo Horizonte, pela 32ª rodada do torneio nacional. A equipe dos Aflitos só tem 17 pontos, com quatro vitórias.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade