Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Na frente, Muricy brinca sobre revés corintiano: "1 a 0 pra nós"

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Minutos depois de dirigir o São Paulo na vitória por 3 a 0 sobre o Náutico, Muricy Ramalho chegou sorridente à sala de imprensa do Morumbi, na quarta-feira à noite. Avisado por jornalistas da derrota parcial do Corinthians para o Grêmio – da qual, na realidade, já sabia desde o vestiário –, o técnico não perdeu a chance de caçoar o rival.

"Um a zero para nós", brincou, após um gole de água, enquanto se ajeitava na cadeira.

Confirmado mais tarde, o resultado fez com que o São Paulo empatasse com o Corinthians na pontuação, mas o ultrapassasse nos critérios de desempate. Algo que poderia ter ocorrido já no domingo, se o goleiro Rogério Ceni não tivesse desperdiçado pênalti nos minutos finais do clássico contra o rival, o qual terminou empatado.

Quase ao fim da entrevista de quarta-feira, quando questionado novamente sobre o assunto, Muricy deixou a piada de lado para tratar com respeito o clube rival, algoz são-paulino em três dos seis duelos desta temporada - nos demais, houve empate.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Dias depois do clássico, treinador são-paulino brincou sobre a derrota do arquirrival, agora atrás na tabela
"Para nós, profissionais, isso é importante só na parte da tabela. Porque do outro são profissionais também, vivem do futebol, sofrem que nem a gente. A gente tem que se pôr no nosso lugar, temos que respeitar, porque lá temos grandes amigos, grandes profissionais. Se a gente passou, legal, mas só isso, nada mais", comentou, desta vez no microfone.

Além do time treinado por Tite, o São Paulo também agora está à frente de Bahia e Fluminense. A distância para a zona de rebaixamento aumentou para cinco pontos, mas pode ficar em quatro ao final da rodada se o Vasco vencer seu compromisso, nesta quinta-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade