Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Palmeiras faz 100º gol no ano, vence Guaratinguetá e amplia vantagem

Londrina (PR)

O Palmeiras comprovou mais uma vez sua hegemonia nesta edição da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira, o time de Gilson Kleina venceu o Guaratinguetá por 1 a 0, chegando ao seu 100º gol na temporada.

O zagueiro Vilson, que voltou ao time depois de ter cumprido suspensão automática na rodada passada, foi o responsável por mandar a bola para as redes, aos 44 minutos do segundo tempo. Assim, o Palmeiras se mantém tranquilo na liderança isolada, agora com 65 pontos, enquanto a vice-líder Chapecoense tem 53 e só entra em campo no sábado. Já o Guaratinguetá fica com 35, na parte intermediária.

Mais uma vez, a partida do Verdão foi disputada em Londrina, pois o clube da capital paulista terminou de cumprir suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

As duas equipes voltam a campo pela Série B na terça-feira. Às 21h50 (de Brasília), o Verdão enfrentará o Icasa, em Juazeiro do Norte. Antes, às 19h30, o Guaratinguetá jogará em casa contra o Oeste.

Arte GE.Net
O jogo - O Palmeiras recebeu em menos de um minuto o aviso de que teria um adversário duro, já que Júlio César levou cartão amarelo em falta por trás sobre Alan Kardec. Depois de jogadas sem eficiência do Verdão na frente, o Guaratinguetá levou perigo aos 13 minutos, quando o ex-corintiano Coelho bateu falta e Rodrigo deu um leve desvio, exigindo boa defesa de Fernando Prass.

Com ousadia para trabalhar lances na frente, o time do interior paulista quase abriu o placar pouco depois. Em cobrança de escanteio, Wendel subiu bem de cabeça e mandou para fora do alcance de Fernando Prass, mas Márcio Araújo apareceu em cima da linha para impedir o gol. Aos 23 minutos, o Palmeiras enfim deu sua resposta. Luis Felipe bateu falta com força da intermediária e viu Saulo dar rebote para o meio da área. O rebote sobrou para Leandro, que, livre, arrematou por cima do gol.

O jogo seguiu com disputas mais ríspidas, mas teve uma queda na quantidade de lances perigosos. Assim, o torcedor teve de esperar para ver boas jogadas nos minutos finais, quando o Guará já não exigia tanta atenção do sistema defensivo alviverde. Assim, o time de Gilson Kleina deu trabalho ao oponente. Aos 38, Alan Kardec bateu falta e acertou a barreira. No rebote, Mendieta finalizou rasteiro e acertou a trave. A sobra ainda ficou para Leandro marcar o gol, mas foi flagrado em posição de impedimento.

No lance seguinte, Alan Kardec subiu bem em cobrança de escanteio e cabeceou para muito perto. Melhor em campo, o Palmeiras inaugurou a contagem aos 44 minutos. Juninho bateu falta da esquerda, e André Luiz escorou de cabeça para a pequena área, onde surgiu Vilson para chutar livre. A bola bateu no travessão e ultrapassou a linha do gol.

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, e o Guaratinguetá tentou repetir a estratégia do primeiro tempo, segurando a bola na frente. Porém, o clube do interior perdeu seu principal jogador, Coelho, que sentiu lesão e foi substituído por Leandro. O Palmeiras passou a administrar a posse de bola, também, tendo problema de lesão, que ocasionou a saída de Márcio Araújo e a entrada de Léo Gago.

A primeira boa chance da etapa saiu de chute de fora da área de Charles, que deu trabalho ao goleiro Saulo. Porém, o jogo perdeu emoção, obrigando os dois treinadores a buscar alternativas. Vinícius entrou no lugar de Leandro no Palmeiras, enquanto o Guaratinguetá apostou em Allan Dias e Michael nas vagas de Alex Afonso e Moacir.

No decorrer do segundo tempo, Charles ainda chegou perto de marcar um golaço, pois soltou um chute de longe e a bola quase encobriu Saulo ao quicar no gramado. Mesmo sem mexer novamente no placar, o Verdão segurou sem problemas o resultado nos minutos finais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade