Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Paranistas lamentam gol de bola parada e sequência negativa

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Duas derrotas consecutivas na Vila Capanema e a vida do Paraná Clube na Série B do Campeonato Brasileiro se complicou. O time segue no G-4 – agora na quarta colocação - após cair diante do Avaí, em um confronto direto, por 1 a 0, mas não pode mais se dar ao luxo de tropeçar na competição.

O meia-atacante Felipe Amorim acredita que o resultado foi injusto pelo volume de jogo apresentado pelo Tricolor, mas admite que o gol tomado em lance de bola parada dificultou as cosias em campo. “Jogamos melhor o tempo todo. Eles fizerem o gol de bola parada e se fecharam. Aí fica difícil”, disse.

Mais do que a queda diante dos catarinenses, as sequência de maus resultados preocupa o volante Moacir, que vê o time criando poucas oportunidades de gol, mesmo em casa. “Vacilamos em dois jogos. Estamos criando pouco. É uma hora de reflexão e agora é buscar fora os pontos que perdemos em casa. Terça-feira tem mais”, projetou, já pensando no América-RN.

Já o atacante Paulo Sérgio, que lamentou o lance que gerou o único gol da partida, pede tranquilidade para o time reencontrar seu rumo na competição. “Tínhamos uma proposta boa de jogo e em um lance, erro de atenção nossa, saiu o gol deles. Mas agora e ter pés no chão e trabalhar”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade