Futebol/Liga dos Campeões - ( )

Paris Saint-Germain e Benfica duelam pela liderança do grupo C

Paris (França)

Apontados como os favoritos à classificação no grupo C, Paris Saint-Germain e Benfica iniciaram a caminha na Liga dos Campeões da Europa com vitória e agora ficam frente a frente para decidir quem irá disparar na liderança. O confronto entre os primeiros colocados está marcado para as 15h45 (de Brasília) desta quarta-feira no Parque dos Príncipes.

Na estreia, os franceses levaram a melhor sobre o Olympiacos por 4 a 1 na Grécia e lideram pelo saldo de gols, já que os portugueses fizeram 2 a 0 em cima do Anderlecht. Gregos e belgas, que se enfrentam no mesmo horário no Constant Vanden Stock em Bruxelas, dividem a lanterna do grupo e brigam para ficar em terceiro e chegar à Liga Europa.

Principal astro do milionário elenco do PSG, Zlatan Ibrahimovic não esconde as ambições para a temporada. O atacante foi protagonista na conquista do Campeonato Francês em 2012/13 e, credenciado pelo bom desempenho na França, espera alçar voos mais altos para superar rivais de maior tradição e chegar ao topo da Europa.

AFP
Ibrahimovic quer dominar o continente depois de reinar soberano em solo francês na temporada passada
“Eu tenho muitos sonhos e ganhar a Champions é um deles. Penso que o Paris Saint-Germain pode fazer isso. Não é uma competição fácil, mas estamos aqui para ganhá-la. Na temporada passada alguns clubes questionaram nossa presença, mas agora eles nos respeitam”, projetou o sueco em entrevista coletiva.

Se o PSG agora recebe as atenções dos rivais pelos altos investimentos e pelo fortalecimento do elenco, o Benfica sofre para manter a regularidade do último ano. O fracasso inesperado nas rodadas finais do Campeonato Português abalaram o ambiente do clube e, sem grandes contratações, o técnico Jorge Jesus terá trabalho para surpreender em Paris.

“Nossa equipe é mais fraca na teoria (que o PSG), mas vamos ver na prática. Só posso provar no campo a qualidade dos jogadores do Benfica. Como treinador estou extremamente com o plantel que tenho e dou confiança a todos os jogadores que estão aqui”, exaltou o treinador.

AFP
Jorge Jesus chegou a balançar no cargo e não recebeu reforços de peso para recuperar o Benfica

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade