Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Por "respeito" ao Monaco, Falcao García não fala sobre o Real Madrid

Bogotá (Colômbia)

Após o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, revelar que poderia tentar contratar o centroavante Falcao García, do Monaco, na próxima temporada europeia, o colombiano agradeceu, mas se esquivou de mais detalhes durante uma coletiva de imprensa em Bogotá, na Colômbia.

“Não posso mais do que agradecer ao Florentino por suas palavras, mas tenho que respeitar o meu clube atual, que me faz sentir muito bem”, explicou. “Estou muito contente, e não me parece oportuno falar de um possível interesse do Real neste momento por respeito a instituição a qual estou filiado hoje em dia”.

Na última segunda, o mandatário merengue indicou que não trará reforços ao Santiago Bernabéu na próxima janela de transferências, em janeiro, mas não descartou tentar Falcao García no meio do ano que vem. “É um grandíssimo jogador, e me consta que desejaria jogar no Real Madrid”, lembrou.

Em maio, o Monaco desembolsou 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 177,3 milhões, no câmbio atual) para tirá-lo do Atlético de Madrid, além de um salário de quase R$ 30 milhões anuais. Porém, a especulação é a de que o clube francês poderia servir apenas como uma ‘ponte’ para o Real.

Até agora, Falcao García, que também vive ótima fase na seleção colombiana, classificada para a Copa do Mundo de 2014, vem justificando os altos investimentos do empresário Dmitry Rybolovlev, dono do Monaco. O jogador marcou sete gols no Campeonato Francês, liderando a artilharia.

Líder da Ligue 1, ao lado do PSG, o time do Principado voltará a campo neste domingo, às 9 horas (de Brasília), para visitar o Sochaux, penúltimo colocado da competição nacional. Da décima rodad, o jogo será realizado no Auguste Bonal, em Montbéliard, no leste francês.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade