Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Porta-voz sem jogar, Danilo admite medo de rebaixamento: "Lógico"

Marcos Guedes Guarulhos (SP)

Não surpreendeu o comportamento dos jogadores do Corinthians na tensa chegada a São Paulo após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio no Sul. Mesmo sem ter entrado em campo, Danilo e Alessandro foram aqueles que se colocaram à disposição para falar sobre a crise e sobre o risco de demissão do técnico Tite.

Ambos defenderam a ideia de que “é hora de trabalhar”, sem encontrar grandes explicações para a terrível marca de uma vitória nos últimos 13 jogos. Questionado sobre a existência de uma preocupação com o rebaixamento à Série B, Danilo não teve dúvidas: “Lógico”.

Com 37 pontos, o Corinthians está a apenas cinco pontos da zona de rebaixamento. A diferença só não diminuiu porque o Vasco foi derrotado pelo Goiás em Macaé. Uma vitória cruzmaltina tornaria possível a entrada do Corinthians no grupo dos quatro últimos já no fim de semana.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Danilo não encontra explicações para o duradouro momento ruim e teme a zona de rebaixamento
Adversários à parte, a equipe alvinegra precisa olhar para si e entender os motivos da péssima fase. Só três gols foram marcados nessa sequência de 13 partidas – um deles foi contra, ainda que atribuído a Alexandre Pato –, e Tite, sofrendo com desfalques, não consegue resolver os problemas.

“É difícil falar. O futebol é assim, a gente tem que resolver isso dentro de campo. A gente está fazendo a mesma coisa que fazia antes, só não está ganhando os jogos. Quando você não ganha, a cobrança vem. É trabalhar. Nesta hora, quanto menos falar, melhor”, concluiu Danilo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade