Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

“Quase imbatíveis” no Maracanã, flamenguistas admitem grande passo

Goiânia (GO)

Os jogadores do Flamengo tentaram manter a cautela na saída de campo, mas a tarefa foi complicada diante de um resultado tão positivo nesta quarta-feira. O clube rubro-negro derrotou o Goiás por 2 a 1, no Estádio Serra Dourada, e agora precisa de um simples empate no Maracanã para chegar novamente á final da Copa do Brasil. Para o jogo da volta, na próxima quarta-feira, os atletas da Gávea esperam o apoio da torcida, pois acreditam que esta química no estádio carioca torna a equipe quase imbatível.

“Foi importante (o resultado), mas não tem nada decidido. Como a gente ganhou aqui, eles podem ganhar lá, mas a gente sabe que, diante de nosso torcedor no Maracanã, nós somos quase imbatíveis”, disse o volante Elias, que teve o discurso endossado por mais dois importantes companheiros.

Capitão da equipe e um dos mais experientes do grupo, Leonardo Moura aproveitou o bom momento para convocar a torcida rubro-negra para o duelo da volta, no Maracanã. O lateral também evitou dizer que o Flamengo já está classificado para a final, mas avaliou como um “grande passo” no Serra Dourada.

Luiz Pires/VIPCOMM
O experiente lateral Léo Moura admitiu que o Flamengo deu um grande passo em busca da vaga na decisão
“Não quero falar que a gente está com a mão na vaga, porque futebol é dentro de campo, mas acredito que diante do nosso torcedor, que vai lotar o Maracanã, a classificação ficou mais perto. A equipe pode falar que foi guerreira e que deu um grande passo”, disse o lateral rubro-negro.

Autor do segundo gol, que garantiu a vitória, o zagueiro Chicão seguiu a mesma linha dos companheiros, mesmo sendo cauteloso ao pedir respeito pelo adversário esmeraldino. “Temos que fazer o resultado também no Maracanã. Vamos respeitar a equipe do Goiás, mas o Flamengo deu um grande passo para chegar á final”, completou o defensor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade