Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Recém-contratado, Adilson já mostra time no primeiro treino no Vasco

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Apresentado como novo técnico do Vasco na tarde desta terça-feira, Adilson Batista não perdeu tempo e, na manhã desta quarta-feira, já foi ao gramado de São Januário comandar coletivo para começar a projetar a equipe que enfrenta o Coritiba neste sábado, às 19h30 (de Brasília), no Moacyrzão. Um dia depois de ser contratado e apresentado, o treinador já deu pistas do time que pretende escalar.

A principal expectativa girava em torno do goleiro titular, posição que se tornou um drama no clube este ano. Alessandro, que falhou na derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta no último fim de semana, foi barrado mais uma vez. Adilson optou pela volta de Diogo Silva, que foi quem mais teve oportunidade ao longo do Campeonato Brasileiro, mas que pecou em algumas partidas, como no empate por 2 a 2 com o Botafogo. Michel Alves era a outra opção. A decisão de quem seria o titular passou por Carlos Germano, preparador de goleiros.

“Não podemos fazer experiências, daí a necessidade de conversar com o Carlos Germano, que conhece muito bem os profissionais que estão no clube. São apenas sete jogos até o fim do Campeonato Brasileiro, sete decisões e não podemos fracassar. Não dá para fazer experiências, pois o preço cobrado lá na frente será muito grande”, afirmou Adilson.

O gol não foi a única novidade na escalação. Sem poder contar com o lateral direito Nei e com o volante Sandro Silva, que terão que cumprir suspensão contra o Coritiba, Adilson Batista promoveu a entrada de Fagner na lateral direita e surpreendeu ao optar pelo jovem Baiano para o meio-campo. O jogador formará dupla de volantes com Fillipe Soutto. O setor será completado por Francismar e Juninho Pernambucano, que reaparece após cumprir suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

No ataque, Marlone e Thalles foram os escolhidos pelo treinador, que decidiu apostar na juventude no setor e ter mais velocidade em uma partida onde os paranaenses deverão atuar fechados na defesa, exigindo muita movimentação dos homens de frente do Vasco. Sendo assim, pelo que se viu do treino desta quarta-feira, o Vasco vai a campo no sábado com a seguinte escalação: Diogo Silva, Fagner, Jomar, Cris e Yotún; Baiano, Fillipe Soutto, Juninho e Francismar; Marlone e Thalles.

Nesta quinta-feira, os jogadores voltam a treinar em São Januário na parte da manhã. Na sexta-feira, a delegação embarca para Macaé, onde ainda acontece um treino na parte da tarde, fechando a preparação.

Fora de campo a diretoria do Vasco confirmou que realmente assinou contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal. O acordo tem duração até agosto de 2014 e o clube recebeu uma parcela de R$ 15 milhões no ato da assinatura. O presidente Roberto Dinamite informou ao departamento de futebol que cerca de R$ 5 milhões serão usados a fim de colocar em dia os salários que estão em atraso no clube.

O fato gera grande expectativa, principalmente em um momento em que qualquer medida é válida para motivar os jogadores. O acordo com o banco já estava apalavrado desde o início do ano, mas o clube vinha encontrando dificuldades para conseguir as certidões negativas para viabilizar o acordo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade