Futebol - ( - Atualizado )

Renato Augusto comemora retorno e espera conversa sobre quarta-feira

São Paulo (SP)

O meio-campista Renato Augusto disse ter gostado do próprio retorno aos gramados. Mais de 60 dias fora por causa de uma lesão no joelho direito, ele atuou durante todo o segundo tempo da vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Criciúma, no último sábado.

“Para quem estava sem jogar fazia dois meses, eu me senti bem e pude ajudar. Fiquei um tempo parado, fiz só alguns treinos com bola. Ficou de bom tamanho”, afirmou o jogador, disponível para o confronto decisivo com o Grêmio, na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil.

É provável que ele fique novamente como opção de banco em Porto Alegre, mas ainda é difícil projetar a escalação alvinegra, especialmente pela indefinição em relação ao contundido Guerrero. “Vamos conversar durante a semana, ver o que o Tite pretende, mas o importante foi que me senti bem”, reiterou Renato Augusto.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Renato Augusto reza para que não tenha novos problemas físicos até o final desta temporada
Em sua volta, o camisa 8 entrou como centroavante. Não deu muito certo, e ele trocou de posição com Alexandre Pato, tentando organizar os ataques ao lado do armador Douglas. Se não foi um desempenho memorável, ao menos não houve maiores limitações físicas, seu grande pesadelo.

“Eu tinha conversado com o Tite. Ele precisando de um homem mais à frente, para dar profundidade, eu faria. Já joguei assim na Alemanha. Estou disposto a jogar como ele preferir”, disse o meia, mais preocupado em estar em campo após tantas contusões. Só neste ano, foram mais de cinco meses afastado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade