Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Renato Augusto vira opção em Itu mesmo “sem as condições ideais”

Helder Júnior Itu (SP)

O técnico Tite tem apressado os departamentos médico e físico do Corinthians para contar logo com os jogadores que estão lesionados. Neste sábado, contra o Criciúma, ganhou o reforço do meia Renato Augusto, que deverá ficar no banco de reservas após se recuperar de artroscopia no joelho direito.

“Não dá para preservar nada agora. Contamos com a boa vontade do atleta de contribuir. Ele está sem as condições ideais, mas poderá nos ajudar durante o jogo”, comentou Tite, cuja demissão foi cogitada nesta semana.

A preocupação com a crise do Corinthians, cada vez mais próximo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, é tamanha que já havia provocado o retorno prematuro do lateral esquerdo Fábio Santos, operado para tratar uma pubalgia.

Por outro lado, o centroavante peruano Paolo Guerrero continua ausente, apesar de ter se disposto a jogar no sacrifício com uma fratura parcial no pé esquerdo. Para piorar, Emerson Sheik foi suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Sob pressão, Tite está muito preocupado em ajustar o estéril sistema ofensivo do Corinthians
Com tantos problemas – intensificados pela escassez de gols do Corinthians –, Tite decidiu apostar em Edenílson e Douglas na armação de jogadas diante do Criciúma. Eles serão os encarregados de municiar Alexandre Pato e Romarinho em Itu. Se não der certo, Renato Augusto estará a postos.

“Se escalo Douglas e Danilo, fico com uma transição de jogo mais lenta, até pelo número de jogos que os dois já fizeram na temporada. Em condições normais, talvez utilizasse eles. Mas preciso de alguém de velocidade agora. Por isso, a opção de momento é pelo Edenílson”, explicou Tite, que já havia colocado Diego Macedo na função na derrota por 1 a 0 para o Grêmio.

Quem quer que esteja em campo, de qualquer forma, atuará pressionado para findar o jejum ofensivo corintiano. “A pressão só não é maior do que a do técnico”, sorriu Tite, tentando transparecer bom humor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade