Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Renato lamenta “bobeira” gremista em gol do Furacão

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Apesar de não conceder muitas oportunidades de gol ao Atlético-PR na partida desta quarta, o Grêmio perdeu por 1 a 0 por conta de um erro coletivo de posicionamento. O cruzamento de Ederson encontrou a cabeça de Dellatorre, atacante posicionado entre Werley e Rhodolfo, dentro da área. O técnico Renato Gaúcho lamentou que o lance que definiu a partida na Vila Capanema tenha ocorrido desta forma.

“A Copa do Brasil é isso. Não pode dar essa bobeira, mas são detalhes. Nós queríamos trabalhar em cima do desespero do adversário para fazer o gol, mas tivemos uma falha coletivo e tomamos o gol. No segundo tempo tivemos chances claras, mas a bola infelizmente não entrou”, resumiu o técnico do Grêmio.

Renato deu a entender em sua coletiva pós-jogo que Kleber, Barcos e Vargas devem atuar juntos na próxima quarta-feira, o que faria o esquema do Tricolor ser um 4-3-3: “Temos 90 minutos para reverter o resultado na Arena, diante da nossa torcida. Além disso, três jogadores importantes irão voltar”, projetou o treinador.

Irritado com as frequentes perguntas sobre a ausência de Zé Roberto, Renato foi direto ao ser perguntado em que situação o experiente camisa 10 pode ser útil para o Grêmio: “quando eu achar que ele será útil”, disse. Além da partida contra o Atlético-PR, Zé Roberto não entrou sequer no segundo tempo nos últimos seis jogos do Tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade