Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Réver pode ser novidade do Galo; R10 e Dátolo seguem em tratamento

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O zagueiro Réver, com edema ósseo no pé esquerdo, pode ser a novidade do Atlético-MG para a partida de sábado, contra o Náutico, no Independência. O jogador iniciou na semana passada uma bateria de treinos físicos e será reavaliado pelos médicos do Galo, mas o técnico Cuca aguarda a liberação do capitão da equipe.

Com a ausência de Réver, o treinador alvinegro tem escalado Emerson ao lado de Leonardo Silva ou de Jemerson, mas o capitão atleticano é considerado peça importante no esquema tático de Cuca. Com a possível volta do defensor, aos poucos o departamento médico do Atlético-MG vai ficando vazio.

Na semana passada, Guilherme foi liberado após se recuperar de lesão na panturrilha e já voltou a jogar. O zagueiro Gilberto Silva, que passou por cirurgia no joelho, também está próximo de voltar aos gramados, e já faz corridas em volta do campo. Ronaldinho Gaúcho e Dátolo são as maiores preocupações dos médicos do Galo.

O camisa 10 atleticano se recupera de grave lesão muscular na coxa e corre contra o tempo para ter condições de jogo para o Mundial de Clubes. A reabilitação do jogador é considerada muito boa e o próprio jogador mostra confiança para ir ao Marrocos. Por sua vez, o argentino Dátolo convive com estiramento na panturrilha e não tem data certa para voltar aos treinos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade