Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Roberto é liberado pela CBF após utilizar medicamento contra alergia

Campinas (SP)

Grande destaque da ascensão da Ponte Preta nas últimas rodadas, o goleiro Roberto desfalcou a equipe na derrota para o Náutico na terça-feira por ter utilizado medicamentos com corticoides para combater uma alergia. Nesta quarta-feira, porém, a comissão antidoping da CBF liberou o arqueiro para retornar aos gramados.

Roberto foi picado por um inseto antes da partida contra o Deportivo Pasto pela Copa Sul-americana na semana passada e teve complicações por ser alérgico. Depois da vitória sobre o Botafogo em pleno Maracanã, a alergia entrou em estágio avançado e os médicos do clube foram obrigados a ministrar medicamentos com corticoides.

A substância é proibida pela comissão antidoping, que foi imediatamente contatada pelos ponte-pretanos. Roberto, então, ficou de fora do confronto com o Náutico para evitar possíveis problemas na justiça desportiva e para se recuperar definitivamente. Nesta quarta, o médico Roberto Nishimura confirmou o retorno.

“Com a autorização da comissão ele poderá entrar em campo. Inicialmente mantivemos o jogador em observação e tratamos com medicamentos mais leves, mas no domingo de madrugada a situação começou a piorar. Com a melhora clinica após o tratamento ele voltou a reunir condições de jogo. Relatamos o caso à comissão antidopping e solicitamos a autorização, que foi emitida nesta tarde”, anunciou o chefe do DM da Macaca.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade