Futebol/Copa do Mundo de 2014 - ( - Atualizado )

Rooney admite dívida com a seleção e projeta sucesso no Mundial do Brasil

Londres (Inglaterra)

Wayne Rooney tem seu sucesso no futebol inglês relativizado a cada vez em que é elogiado por algum veículo de imprensa da Europa. Se constantemente realiza boas atuações pelo seu clube, o Manchester United, não consegue repetí-las nas oportunidades em que defende a seleção inglesa, seja em partidas das Eliminatórias, Eurocopa ou Copa do Mundo. Por isto, o atacante, que admitiu estar em dívida com o English Team, revelou o desejo de brilhar no Mundial do ano que vem, no Brasil.

“Quero sempre fazer bem as coisas e ajudar a Inglaterra. Tentei fazer isso nos torneios anteriores, mas não aconteceu. Porém estou muito determinado em estar bem no Brasil”, afirmou Rooney.

O camisa 10 ainda ressaltou o desejo de encerrar um jejum que já dura 48 anos e dar um título mundial à Inglaterra – campeã em apenas uma oportunidade (1966). De lá para cá, o máximo que o selecionado inglês alcançou foi as semifinais, em 1990, quando acabou derrotada pela Alemanha, futura campeã. De resto, as quartas de final foram o limite do English Team, eliminado nesta fase em 1970 (para a Alemanha), 1986 (para a Argentina), 2002 (para o Brasil) e 2006 (para Portugal).

“Estou a 11 ou 12 anos jogando na seleção, e o meu objetivo é ter sucesso e ganhar troféus”, declarou o atacante do Manchester United, que estreou com a camisa da seleção inglesa em 2003, ainda aos 17 anos. Neste período, ele já disputou 86 partidas pela equipe nacional e anotou 38 gols. O último deles, inclusive, anotado na vitória por 2 a 0 sobre a Polônia, na última semana, em Wembley, foi fundamental para a classificação da Inglaterra à Copa do Mundo de 2014.

Em mundiais, Rooney tem duas participações (2006 e 2010) e más recordações. Há sete anos, na Alemanha, quando estreava no meio torneio de futebol do mundo, foi o vilão da eliminação para Portugal nas quartas de final ao ser expulso depois de atrito com seu até então companheiro de equipe, Cristiano Ronaldo. Na Copa da África do Sul, por sua vez, o atacante caiu junto com a badalada seleção inglesa em uma polêmica partida contra a Alemanha nas oitavas de final.

AFP
Com a bandeira da Inglaterra eternizada na pele, Rooney espera brilhar com a sua seleção nacional no Brasil

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade