Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sem polemizar, Claudinei responde membro do Comitê de Gestão do Peixe

Santos (SP)

Após a derrota para o Atlético-MG, no último domingo, no Estádio Independência, o membro do Comitê de Gestão do Santos, Francisco Cembranelli, teceu críticas ao trabalho do técnico da equipe praiana, Claudinei Oliveira. Dentre alguns comentários no seu perfil em uma rede social, Cembranelli questionou a postura santista no revés para o Galo e destacou que o Peixe precisava de um técnico com “t” maiúsculo.

Indagado sobre o assunto, durante a sua entrevista coletiva, nesta terça-feira, no CT Rei Pelé, Claudinei procurou não polemizar com o promotor de justiça, que ganhou notoriedade por conta do caso envolvendo a morte da menina Isabella Nardoni. O casal Alexandre Nardoni (pai de Isabella) e Anna Carolina Jatobá foi condenado.

“Em primeiro lugar: nada que vem de fora me contamina, seja positiva ou negativamente. A única coisa que eu tenho para falar, e até poderia falar mais do que isso, é que eu o considero um promotor com ‘p’ maiúsculo. Não falo mais sobre o assunto”, disse o comandante alvinegro.

Claudinei Oliveira também falou sobre os questionamentos ao seu trabalho e destacou que leva a questão com naturalidade, sempre procurando fazer o seu melhor no dia-a-dia. “Quero ganhar para alegrar o torcedor, para que ele possa tirar sarro de quem torce para o outro time. É esse o nosso objetivo como profissional. Sei que não vou agradar a todos, pois sempre alguém vai estar descontente. Mas duvido que o torcedor do Santos queira trocar a pontuação que temos com a de alguma equipe, na parte inferior da tabela. Ninguém quer dar show de bola e ficar em último”, comentou.

O técnico lembrou que, em alguns jogos, os alvinegros - que estão em nono lugar no Brasileirão - terão de priorizar o resultado. “Claro que todo mundo quer jogar bem, dar espetáculo. Mas nem sempre é possível. No momento certo, o time vai brilhar. Porém, em alguns jogos, teremos que ser mais táticos para buscar o resultado”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade