Futebol/Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Técnico do Celtic critica Neymar por exagerar “em coisas pequenas”

Glasgow (Escócia)

A atuação de Neymar diante do Celtic na última terça-feira não rendeu apenas elogios empolgados da imprensa espanhola. Para Neil Lennon, treinador do rival derrotado por 1 a 0 na Liga dos Campeões, o brasileiro mereceu ser vaiado pela torcida escocesa, já que teria agido de má fé ao provocar a expulsão de Scott Brown.

O lance ocorreu aos 15 minutos do segundo tempo da partida em Glasgow, quando o craque revelado pelo Santos disparou pela lateral esquerda, deixou um marcador para trás e passou por Brown já no campo de ataque. O capitão alviverde cometeu falta de jogo, mas na sequência acertou pontapé nas costas do atacante. Imediatamente o árbitro francês Stephane Lannoy mostrou o cartão vermelho.

AFP
Neymar levou um chute nas costas depois de ter sido derrubado por Brown (Foto: Ian MacNicol/AFP)
“Eu não estou convencido que foi para expulsão. E se teve algum contato, foi mínimo. Isso mudou o jogo. Ele tem certa reputação já e é um jogador brilhante, mas algumas vezes exagera em coisas pequenas. É um jogo físico e não acho que preciso me desculpar, me justificar ou defender meu capitão (Brown). A expulsão foi exagerada e desnecessária”, disparou Lennon.

O treinador escocês acredita ainda que o suposto hábito de encenar faltas de Neymar pode prejudicar o prestígio junto às torcidas adversárias. “Nossos torcedores são muito respeitosos com grandes jogadores. O Iniesta deixou o campo ovacionado, já o Neymar era vaiado toda vez”, ressaltou o comandante do Celtic.

Sem entrar em rota de colisão com o companheiro de profissão, Gerardo Martino se limitou a concordar com a decisão do árbitro em expulsar Brown. “A expulsão me pareceu correta. O árbitro viu o lance e teve personalidade para agir apesar da pressão da torcida. Não tenho mais nada a dizer. Minha posição não permite que eu fale mais a respeito do que aconteceu", afirmou Tata.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade