Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Tite mostra alívio com bom jogo e volta do gosto da vitória

Marcos Guedes Mogi Mirim (SP)

Já não era mais necessário o esforço para demonstrar ânimo e negar o abatimento. Exatamente no mesmo local onde fez brincadeiras e procurou sorrir na última terça-feira, ainda em meio a uma sequência de oito partidas sem vitória, Tite concedeu entrevista na noite de quarta. Seu rosto exibia cansaço e alívio.

O Corinthians derrotou o Bahia por 2 a 0 e interrompeu a sequência negativa. À beira do gramado do estádio Romildão – do qual reclamou –, o treinador celebrou a boa atuação de sua equipe e o bom resultado falando baixo, com olhos que transpareciam o fim de um período estafante.

“Foi uma vitória do Corinthians. Uma vitória para a torcida, para a direção, para os atletas e para mim também. Toda essa engrenagem nossa já não sentia o gosto fazia tempo”, afirmou o gaúcho. “A gente desejava isso antes já, mas o campeonato é cruel.”

Fernando Dantas/Gazeta Press
Tite ficou aliviado com o fim da sequência negativa do Corinthians no Campeonato Brasileiro
O clube do Parque São Jorge havia triunfado pela última vez em 1º de setembro, dia no qual completou 103 anos. De lá até o alívio em Mogi Mirim – palco da partida por causa de punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) –, foram cinco derrotas, três empates e só um gol marcado, um gol contra do Goiás.

“Foi duro. Tem que ter uma força interior muito forte. Vai continuar sendo duro, a retomada é o nosso objetivo, mas toda essa sequência não é normal no Corinthians, não é normal em um clube grande. Em alguns jogos, não conseguiu transformar desempenho em resultado. Em outros, mereceu perder”, comentou Tite.

Na noite de quarta, enfim, o time mereceu ganhar e ganhou. Paolo Guerrero e o estreante Cleber marcaram de cabeça e definiram ainda no primeiro tempo uma vitória que não esteve ameaçada em nenhum momento pelos comandados de Cristóvão Borges.

“Fizemos 60 minutos muito bons. A equipe dez dois gols, poderia ter feito três. Depois, caiu um pouco, o Bahia colocou mais um pivô, mais um marcador no meio e equilibrou um pouco mais, mas sem criar oportunidades. Nossa equipe foi efetiva e associou desempenho e resultado”, resumiu, aliviado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade