Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Triste, Assunção abre mão de salários enquanto não for relacionado

Santos (SP)

Marcos Assunção sabe que está devendo para o Santos. Sem espaço no elenco e sofrendo com as constantes lesões, o experiente volante faz um tratamento específico para acabar com as dores no joelho direito, onde tem um problema na cartilagem. Enquanto isto, ele abrirá mão dos seus salários.

“Primeiro, quero pedir desculpas ao torcedor do Santos por não ter rendido o que eu e muitos deles esperavam. Infelizmente, estou com um problema no joelho, com muita dor, mas comecei um tratamento para resolver. Enquanto isso, abro mão do meu salário até ser relacionado novamente”, disse ele.

Desde que trocou Palmeiras por Peixe, Assunção nunca conseguiu repetir as boas atuações de 2012, quando foi o destaque alviverde na conquista da Copa do Brasil. Os técnicos Muricy Ramalho e Claudinei Oliveira acabaram priorizando os atletas da base, como Alison e Alan Santos, por exemplo.

Ricardo Saibun/Santos FC
Assunção faz tratamento específico para se livrar de dores no joelho direito: enquanto isto, sem salários.
O ex-palmeirense admitiu estar triste com sua situação, mas promete muito trabalho. “Estou chateado por não poder entrar em campo e ajudar o meu time. Espero que todos compreendam essa decisão. Estarei apto a ingressar a lista de relacionados o mais breve possível”, finalizou.

Marcos Assunção fará fisioterapia terça e quarta-feira, devendo voltar ao gramado do CT Rei Pelé na quinta. O tratamento por PRP (plasma rico em plaquetas) foi feito na segunda, mas mais duas sessões estão marcadas para as próximas semanas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade