Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Valdivia exibe chuteira do 200º jogo admitindo: "Era para ser antes"

William Correia São Paulo (SP)

Valdivia deu entrevista coletiva nesta quinta-feira tendo à sua frente uma chuteira azul com a inscrição “Mago 200”. O calçado será usado neste sábado, contra o Paraná, o 200º jogo do meia em mais de cinco anos na soma de suas duas passagens pelo Palmeiras. Sincero, o chileno admitiu que poderia alcançar o número antes.

“Fico feliz de poder atingir essa marca, mas podia ter sido atingida há muito tempo”, afirmou o camisa 10, que é superado na estatística no atual elenco por Márcio Araújo, que raramente foi desfalque em menos de quatro anos no Verdão e defendeu o time em 247 partidas.

Valdivia, por sua vez, foi ídolo nos dois anos de sua primeira passagem, entre 2006 e 2008, mas chamou mais atenção pelas lesões que o afastaram da maioria das partidas do clube desde sua volta em agosto de 2010. Por isso, não quis apontar especificamente o seu pior jogo. “São todos em que me machuquei jogando.”

Foi bem mais fácil responder sobre o confronto mais marcante pelo clube. “Pelo que significou e significa para nós, como jogadores, são os dois jogos que deram os dois títulos que o Palmeiras tem nos últimos anos: o Campeonato Paulista de 2008 e a Copa do Brasil de 2012”, apontou.

Na final do Paulista de 2008, Valdivia fez um belo gol no 5 a 0 imposto sobre a Ponte Preta. No jogo que definiu o título da Copa do Brasil do ano passado, porém, o jogador mais caro do elenco não estava em campo. O chileno abriu o placar na ida convertendo pênalti na vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba em Barueri, mas foi expulso no início do segundo tempo e cumpriu suspensão no 1 a 1 da volta do Paraná.

Ciente do prejuízo de tantos desfalques, o camisa 10 garante querer ser mais presente no resto de seu contrato, que acaba em agosto de 2015. “Espero jogar muitos outros jogos. É o que desejo sempre: jogar o máximo que puder. Vamos ver se essa chuteira traz sorte contra o Paraná”, afirmou.

Divulgação
Calçado que o chileno usará no sábado, contra o Paraná, também terá a inscrição "Palmeiras, minha vida"

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade