Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Valdivia ignora vaias, mas Gilson Kleina discorda da torcida

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

A postura da torcida do Palmeiras depois da confirmação do acesso à elite do futebol nacional dividiu as opiniões no clube. O meia Valdivia, que geralmente é um dos mais criticados pela principal uniformizada alviverde, não se abalou com os protestos deste sábado e preferiu valorizar o apoio dos demais palmeirenses no empate por 0 a 0 contra o São Caetano.

“Não quero calar a boca de ninguém, nem de parte da torcida. Estamos aqui para levarmos o Palmeiras para onde merece, de onde nunca deveria ter saído. São 16 milhões de torcedores e, se ficamos devendo só para uns, não vou entrar em detalhes. O que temos de fazer é fortalecer que voltamos. Todo mundo está falando que a Série B foi muito fácil, mas está errado. Nós é que fizemos ficar fácil”, comentou.

Os protestos foram ouvidos apenas depois que o árbitro Wilson Luiz Seneme encerrou o jogo. A Mancha Alviverde gritou que o acesso era só “obrigação”, enquanto parte do estádio reclamava com o técnico Gilson Kleina. Já quando a uniformizada passou a gritar “time sem vergonha”, os demais discordaram e entoaram o nome do clube.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Gilson Kleina admite que o acesso era obrigação, mas alega que o time teve méritos na campanha
Diferentemente de Valdivia, o treinador palmeirense foi mais enfático ao manifestar opinião contrária aos fãs. Depois de ter obtido o retorno à elite mesmo faltando ainda seis rodadas nesta Série B, Kleina deu os méritos à campanha de sua equipe.

“Não posso concordar, porque desenvolvemos um trabalho muito sério e somos o único vestiário do Brasil a comemorar o primeiro objetivo neste momento”, comentou. O técnico também elogiou o comportamento do time no empate por 0 a 0 contra o São Caetano, no estádio do Pacaembu.

“À beira do gramado, nós vimos a vontade dos jogadores. O que nós queríamos era a vitória e trabalhamos muito, mas não foi um jogo fácil. Tivemos duas ou três chances muito boas”, completou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade