Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Velocidade é a aposta do Corinthians no confronto com o Grêmio

Marcos Guedes São Paulo (SP)

A rapidez na chegada ao ataque é o que busca Tite com as mudanças feitas no Corinthians. Além de preservar alguns titulares de uma difícil sequência com partidas na quarta e no sábado, o treinador espera, contra o Grêmio, reproduzir o que o time teve de bom na criação de jogadas no empate por 0 a 0 com o São Paulo.

Assim, Diego Macedo atuará aberto pela direita, com Romarinho na esquerda e Emerson na frente. Como o adversário gosta de pressionar e ter uma marcação adiantada quando atua em Porto Alegre, o técnico quer opções para atacar com agilidade quando a primeira linha rival for superada.

“A ideia é uma transição rápida, com jogadores rápidos com a bola no pé. É isso mesmo. Não adianta eu ficar enrolando na resposta, porque é essa a característica dos jogadores que estão escalados”, comentou Tite, que desta vez nem esperou as inevitáveis perguntas sobre a falta de gols do time.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Tite quer uma maior efetividade de Emerson nas oportunidades criadas pelo Corinthians
Na visão do gaúcho, não foi propriamente por falta de criação que o Corinthians empatou por 0 a 0 as suas três últimas partidas. Ele, que tem visto “três ou quatro oportunidades vivas por jogo, em média”, usou o segundo tempo do clássico do último domingo como exemplo do que a rapidez pode obter, especialmente se houver efetividade nas conclusões.

“Foi com o Romarinho, o Emerson e o Macedo que o time criou oportunidades. São opções de velocidade. A gente viu no último jogo o quanto o Macedo dá de profundidade à equipe. È agressivo e vai ter liberdade para buscar isso. É encontrar um ponto para a equipe fazer gol”, concluiu Tite.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade