Jogos Pan-Americanos/Bastidores - ( - Atualizado )

Venezuela diz que houve corrupção na escolha de Lima para Pan de 2019

Toronto (Canadá)

O anúncio da escolha de Lima como sede dos Jogos Pan-Americanos de 2019, nesta sexta, desagradou os dirigentes venezuelanos. Para o presidente do Comitê Olímpico da Venezuela, Eduardo Alvarez, houve corrupção na eleição da capital do Peru para receber o evento daqui a cinco anos e meio.

“O resultado da votação confirmou o que vínhamos dizendo há muito tempo. Na hora do almoço, o presidente do Comitê [Olímpico] Peruano passeou pelas meses. Com a corrupção não se pode competir”, disparou o dirigente, em entrevista ao jornal chileno La Tercera.

As críticas foram endossadas pela ministra dos Esportes da Venezuela, Alejandra Benítez. “Não houve transparência e temos indícios de que algo fora do normal ocorreu na hora do almoço. Lamentavelmente, esta não é a melhor cara do esporte”, afirma.

Lima levou a melhor sobre Santiago (CHI), La Punta (ARG) e Ciudad Bolívar (VEN). Diante das acusações, o presidente do Comitê Olímpico Peruano, José Quiñones, disse não conhecer as acusações e foi breve. “Ganhamos de maneira limpa e trabalharemos para organizar um grande evento”, garante.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade