Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

William reconhece superioridade do Galo, mas reclama de calendário

Belo Horizonte (MG)

A Ponte Preta colocou os reservas em campo na noite desta quinta-feira para encarar o Galo no Independência e acabou goleada por 4 a 0. Titular absoluto que só entrou na segunda etapa, o atacante William, autor de 12 gols no Brasileirão admitiu a superioridade do adversário, mas reclamou do calendário – a Macaca jogou na última terça-feira contra o Náutico.

“O resultado é mérito do Atlético. É uma equipe bem montada. Não quero jogar pra cima de ninguém, mas é desumano fazer a gente jogar na terça-feira e depois na quinta. Tivemos que colocar os jogadores que não vinham jogando. Agora, a batalha continua. Acredito que ainda temos condições de escapar”, declarou o atacante.

Com 22 pontos, em 19º lugar, a Ponte Preta se complicou na rodada, pois se igualou em número de jogos aos rivais e não conseguiu diminuir a diferença para o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Para se reabilitar, a equipe de Campinas volta a campo no próximo domingo, a partir das 18h30 (de Brasília), quando encara o Bahia na Arena Fonte Nova.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade