Corrida Internacional de São Silvestre - ( - Atualizado )

Corredores amadores se preparam no Ibirapuera a um mês da SS

São Paulo (SP)

A Corrida Internacional de São Silvestre recebe não apenas representantes da elite do atletismo mundial, mas também uma multidão de corredores anônimos, que se preparam durante todo o ano para participar da prova no dia 31 de dezembro. A pouco mais de um mês do evento, alguns treinam no Parque do Ibirapuera para a 89ª edição da corrida.

Assim como no ano passado, a prova será realizada no período da manhã, com a primeira largada, para corredores cadeirantes, às 6h50, e para portadores de necessidades especiais, às 6h55. O pelotão de elite feminino terá a largada às 8h40. Logo em seguida, às 9h, é a vez do pelotão de elite masculino, pelotão especial (masculino e feminino) e atletas em geral.

A edição de 2013 da São Silvestre será a primeira da paulistana Gabriela Leite, de 27 anos de idade. Ela começou a correr há cerca de um ano e meio e durante esta temporada participou de provas de 10 km. Para conseguir completar o percurso da corrida no dia 31 de dezembro, aumentou a duração dos treinos e investiu no trabalho de resistência.

“Vou correr pelo desafio de ultrapassar a quilometragem a que estou acostumada e também porque a São Silvestre é uma prova tradicional, todo atleta precisa ter pelo menos uma no currículo”, disse a corredora amadora, que chegará para a prova com dois meses de preparação específica.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Gabriela Leite, de 27 anos, começou a correr em 2012 e participará de sua primeira São Silvestre

O percurso de 15 km também segue o mesmo de 2012. A largada será na avenida Paulista, altura da rua Frei Caneca, e a chegada acontecerá em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero. E é justamente este trajeto por vias importantes da cidade de São Paulo que estimula o administrador de empresas Roberto Von Ortzen a correr a São Silvestre.

Conhecido como Tuta entre os colegas de treino, ele tem a corrida como parte de sua rotina há 25 anos e nas últimas temporadas viajou pelo Brasil disputando meias-maratonas. Também prestes a correr a tradicional prova do dia 31 de dezembro pela primeira vez, ele espera um ambiente diferente de outros eventos.

“É uma prova diferenciada, você corre conhecendo a cidade. Passa ali pelo Centro de São Paulo e tem o pessoal apoiando. É uma festa também”, afirmou Tuta, que tem como meta completar os 15 km da São Silvestre em aproximadamente 1h20min. “Tem a subida que dá uma segurada no tempo”, explicou.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.saosilvestre.com.br e vão até o dia 30 de novembro ou quando o número de cadastrados atingir a meta de 27.500 atletas, conforme regulamento.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Tuta está acostumado a correr provas de 21km e mudou o treino para participar da São Silvestre

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade