Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Alex Telles convoca gremistas para lotarem a Arena nesta quarta

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O Grêmio está a três jogos de voltar a conquistar um troféu grande, 12 anos depois. A possibilidade de ser pentacampeão da Copa do Brasil anima os torcedores, mas a tarefa antes de chegar à final não é nada fácil: reverter o 1 a 0 feito pelo Atlético-PR com uma vitória por dois gols de diferença. Para tanto, o lateral Alex Telles pede que a torcida lote a Arena do Grêmio na partida desta quarta-feira.

“Amanhã é dia de decisão, de mais uma verdadeira final para o Grêmio e para todos os tricolores. É hora de mostrar a força gremista, de mostrar que a união entre os atletas, no campo, e a torcida, nas arquibancadas, é imbatível. É hora de fazer acontecer. Nesta quarta, lugar de gremista é na Arena. Vamos lutar em cada centímetro de grama para, juntos, colocarmos o Grêmio em mais uma final”, bradou o ala, convocando a torcida para a decisão.

Clube que mais vezes conquistou a Copa do Brasil ao lado do Cruzeiro, o Grêmio tenta chegar pela oitava vez à final do torneio. Em 2001 foi a última vez que isso aconteceu: o Tricolor derrotou o Corinthians no Morumbi e sagrou-se tetracampeão, seu último título em nível nacional. Apesar do jejum de 12 anos, Alex Telles confia na tradição do Tricolor e na capacidade do time atual em reverter desvantagens para chegar lá.

“O Grêmio conhece e sabe os atalhos na Copa do Brasil. Temos o placar do primeiro duelo, que condiciona diretamente a forma de jogar no segundo jogo. Atuando em casa, precisamos ditar o ritmo. Vamos buscar o resultado positivo com uma defesa firme e com o nosso meio de campo chegando próximo aos nossos atacantes. Mas isso será feito com inteligência e tranquilidade. Vamos buscar fazer um gol de cada vez”, receitou Alex.

Esta será a quarta vez no ano que o Grêmio decidirá um mata-mata na Arena. Em todas as outras a equipe obteve a classificação mesmo sem ter marcado gols fora de casa no jogo de ida. Contra a LDU, pela Libertadores, havia perdido por 1 a 0 em Quito, devolveu o placar em Porto Alegre e ganhou nos pênaltis; já na Copa do Brasil, fez 2 a 0 sobre o Santos após ter sido derrotado na Vila por 1 a 0; contra o Corinthians, duplo 0 a 0 e classificação às semifinais nos pênaltis.

Restam poucos ingressos para a partida desta quarta-feira. Até o final da tarde de terça, somente 4 mil das 24 mil entradas postas à venda restavam nas bilheterias da Arena. Somando estes 20 mil lugares com os sócios que não precisam adquirir bilhetes para os jogos, a tendência é de um público entre 40 mil e 45 mil pessoas para a decisão com o Furacão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade