Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

América-MG aposta contra o Atlético-GO últimas chances do acesso

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Faltando três rodadas para o fim da Série B, o América-MG ainda briga pelo acesso, mas se quiser jogar a elite do futebol nacional em 2014, o Coelho precisa vencer as três partidas que tem pela frente. O desafio começa neste sábado, às 17h20, duelo contra o Atlético-GO, no Independência, um resultado ruim acaba com o sonho americano.

Para encarar o Dragão, o técnico Silas terá o retorno dos volantes Leandro Ferreira e Andrei Girotto, que cumpriram suspensão automática, e aguarda também pela recuperação de Elvis, em fase final de tratamento de uma pancada no pé esquerdo. “Tenho eles e talvez também o Elvis à disposição. Então vamos com tudo agora”, disse Silas.

O grupo de jogadores do América-MG continua mobilizado em busca da vaga no G4 e encara o jogo contra o time goiano como mais uma final de campeonato. “Nossa chance de acesso é real. Temos ainda três jogos e está todo mundo embolado. Então, enquanto estivermos vivos, vamos lutar por essa vaga”, afirmou o armador Bady.

O atleta entende que o momento não pode ser de dúvida. Ele reconhece que a situação é difícil, mas se apoia em exemplos de equipes que estiveram na mesma situação e conquistaram o objetivo. E cita o próprio América-MG como um exemplo a ser seguido.

“Sei que, em 2010, o América-MG conquistou a vaga na última rodada, com um empate dramático contra a Ponte Preta. Estamos muito focados em nosso objetivo. Sabemos que não será fácil, porque o Atlético-GO também precisa da vitória. Mas, em nosso estádio, temos que fazer prevalecer o mando de campo”, declarou.

Arte GE.Net
No Dragão goiano, o risco de queda é grande, mas ninguém no clube desanima. O lateral-direito Rafael Cruz, passou pelo futebol mineiro defendendo o Galo, e sabe que será uma partida difícil contra o Coelho, mas o jogador garante que está 100% recuperado das dores que sentiu no jogo contra o Sport.

"Pelo momento em que estava a partida ali a gente fica com receio de falhar em alguma situação que você precise usar a velocidade e o adversário passar por você. Acho que o momento agora é de se desgastar ao máximo no jogo até a hora que não aguentar. Joguei em Minas e sei que não é fácil ganhar no Independência”, afirmou.

O técnico Gilberto Pereira não poderá contar com o zagueiro Paulo Henrique que recebeu o terceiro cartão amarelo, o comandante atleticano dará a oportunidade ao volante Marcone, que será titular pela primeira vez desde que chegou ao clube. Essa deve ser a única modificação no time que venceu o Sport por 2 a 1 no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 16 de novembro de 2013, sábado
Horário: 17h20 (de Brasília)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

AMÉRICA-MG: Matheus; Elsinho, César Lucena, Vitor Hugo e Danilo; Andrei Girotto, Claudinei, Kleber e Bady; Nikão (Weverton) e Marcão
Técnico: Silas

ATLÉTICO-GO: Márcio; Artur, Marcone e Anderson Conceição; Rafael Cruz, Renan Foguinho, Pedro Bambu, Fábio Lima, João Paulo e Diego Giaretta; Anselmo
Técnico: Gilberto Pereira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade