Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

América-MG supera ASA e acaba com jejum de vitórias no Independência

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG não encontrou facilidade na partida contra os alagoanos do ASA, lanternas da Série B do Brasileiro, mas o Coelho conseguiu finalmente acabar com o trauma de jogar no Independência, e após uma série de seis resultados negativos em casa venceu os visitantes por 1 a 0. O duelo contra o ASA foi realizado nesta sexta-feira, e deixou os mineiros ainda sonhado com o acesso.

O América-MG chegou aos 51 pontos e vai precisar de pelo menos mais quatro vitórias nos cinco jogos restantes. Já o ASA luta desesperadamente contra o rebaixamento, mas a situação da equipe é muito difícil, amargando a lanterna com apenas 26 pontos. O gol do jogo foi anotado por Danilo em cobrança de falta que desviou na zaga alagoana.

Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG terá compromisso na próxima terça-feira, duelando contra o São Caetano, no Anacleto Campanella. Já o ASA ganha uma semana de preparação para receber o Avaí.

O jogo – O América-MG entrou em campo disposto a acabar com a sequência de resultados ruins atuando em casa, e logo aos dois minutos, o armador Elvis desperdiçou a primeira chance clara de gol, ao finalizar com violência, mas errando o alvo. Desde o início do jogo o que se viu foi o Coelho bastante ofensivo, porém, dando espaços para os contra-ataques do ASA.

O time alagoano aproveitou as brechas dadas pelo Coelho e conseguiu encaixar algumas jogadas de perigo contra a meta do goleiro Matheus, mas no geral, o controle da partida ficou nas mãos do América-MG, que teve mais posse de bola. Diferentemente de jogos anteriores, o time do técnico Silas procurou usar mais as laterais do campo, criando várias chances de marcar.

Além das laterais, o time da casa arriscou bastante nos tiros de fora da área e nas bolas paradas, gerando muita preocupação no técnico Heron Ferreira, que procurou consertar o posicionamento da equipe alagoana, saído um pouco do campo defensivo. Apesar da insistência do treinador, os visitantes encontraram dificuldades na saída para o ataque, tentando na maioria das vezes a ligação direta, sem muito sucesso.

Com o passar do tempo, o América-MG foi intensificando a pressão, mas não conseguia chegar ao gol de abertura do placar, o que foi gerando nervosismo e insegurança nos atletas e na torcida americana. No fim da primeira etapa o semblante dos jogadores do Coelho era de apreensão com a dificuldade da equipe para jogar em casa.

Arte GE.Net
No começo do segundo tempo, a agonia americana finalmente acabou. Aos quatro minutos, o lateral Danilo cobrou falta com pouco ângulo, a bola desviou na zaga alagoana e foi morrer nas redes de Marcus Vinícius, explodindo o Independência em alegria. O gol deu a tranquilidade necessária para o Coelho trocar passes com mais eficiência.

Não demorou muito para os comandados de Silas criarem mais jogadas de perigo para dilatar o marcador. Aos dez minutos, o zagueiro Jaílton apareceu bem na área e desviou cruzamento de Elvis, obrigando o goleiro do ASA a fazer excelente defesa. Sem alternativas na partida, só restou ao time alagoano buscar o empate, deixando o jogo aberto e mais interessante.

Após os 30 minutos, o cenário da partida no Horto já apresentava o ASA atacando de qualquer forma, sem muita tática ou técnica, mas assustando o América-MG em alguns momentos. O time da casa, temendo o pior, passou a ter cautela excessiva em termos defensivos, mas conseguiu segurar o placar e somar mais três pontos importantes na briga pelo acesso para elite do futebol brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade