Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

América-MG toma virada do Joinville e fica sem chances de acesso

Joinville (SC)

O América-MG entrou em campo precisando da vitória contra o Joinville para se manter vivo na Série B do Brasileiro, mas o time do técnico Silas deixou a Arena Joinville, nesta sexta-feira, com uma derrota de virada, por 2 a 1, placar que acaba com o sonho mineiro do acesso. O zagueiro César Lucena, abriu o placar, mas Fernando e Vitor Hugo, com um gol contra, deram ao JEC os três pontos.

O time catarinense já estava eliminado, mas mesmo assim aproveitou os erros do América-MG e conseguiu uma virada que também esgota as chances dos mineiros de jogarem a elite do futebol nacional em 2014. Os americanos ficaram estacionados nos 56 pontos, e foram ultrapassados justamente pelo JEC, que igualou a pontuação.

Na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, o América-MG terá compromisso contra o ABC, no Independência, fechando a competição nacional. Já o Joinville vai fechar o Brasileirão visitando o Ceará. A última rodada da Série B será toda realizada no próximo dia 30, confirmando as equipes que sobem para elite e os rebaixados para a terceirona.

Arte GE.Net
O jogo – O equilíbrio marcou o início do duelo dos Coelhos na Arena Joinville, mas aos poucos o JEC passou a pressionar com mais objetividade, enquanto os americanos erraram muitos passes no meio-campo. Percebendo o problema, o técnico Silas pediu calma aos jogadores, e os atletas obedeceram ao comandante, passando a ter mais posse de bola.

O time mineiro, porém, encontrou dificuldades para superar a defesa catarinense, agredindo pouco ao adversário. Faltou capricho ao América-MG nas chances que teve de abrir o placar. Aos 14, por exemplo, Bady aproveitou boa trama ofensiva para arriscar tiro de média distância, mas errou o alvo, com a bola passando sobre a meta de Oliveira.

Três minutos depois, Marcão fez boa tabela com Nikão, que finalizou pela linha de fundo, em um bom momento dos visitantes no jogo. As duas jogadas deram confiança ao América-MG, que inverteu o panorama do começo da partida e seguiu desperdiçando chances de gol. Com o passar do tempo, a ansiedade tomou conta dos jogadores da equipe mineira.

Enquanto os visitantes insistiram muito nas jogadas pelo meio, os donos da casa usaram mais as laterais. A partir dos 30, os mineiros passaram a usar melhor os lados do campo, e dessa forma o América-MG abriu o placar. Aos 33, Bady cobrou escanteio e o zagueiro César Lucena desviou, de cabeça, dando tranquilidade ao time. O JEC ainda tentou reagir acertando o travessão de Matheus, mas o intervalo mostrou o Coelho de BH mais satisfeito com o resultado.

Na volta para o segundo tempo, quem esperava os donos da casa lutando pelo empate, acabou assistindo ao América-MG com mais vontade, e superando as dificuldades na busca pela vitória. As oportunidades de dilatar o marcador apareceram, mas a conclusão final seguiu com muitas falhas.

Já sem possibilidade de acesso, o Joinville foi burocrático na etapa final, mas fez o suficiente para vencer o jogo. O técnico Sérgio Ramírez fez o possível para motivar seus comandados, que reagiram, superando as dificuldades técnicas para somar mais três pontos e terminar a competição com dignidade.

Aos 21, o Coelho do Sudeste quase chegou aos segundo gol em arremate cruzado do lateral Elsinho, que obrigou o goleiro Oliveira a se esticar todo para fazer a defesa. O JEC respondeu com Edigar Júnio, que acertou o travessão de Matheus, aproveitando cochilo da zaga Tricolor e iniciando a reação.

O América-MG voltou a vacilar aos 27, e Fernando subiu livre para testar para redes, completando cruzamento de Eduardo e empatando a partida na Arena Joinville. No minuto seguinte, o que parecia impossível aconteceu com o JEC virando o marcador em um gol contra com zagueiro Vitor Hugo, que tentou cortar cruzamento de Francis e mandou contra o patrimônio. Os visitantes ainda tentaram uma reação, mas o revés persistiu com a eliminação da Série B.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade