Futebol/Eliminatórias 2014 - ( - Atualizado )

Após goleada, sete jogadores da Jordânia pedem dispensa do 2º jogo

Amã (Jordânia)

Mesmo jogando dentro de casa, a Jordânia não resistiu à superioridade do Uruguai e acabou derrotada por 5 a 0, nesta quarta-feira, em jogo válido pela partida de ida da repescagem da Copa do Mundo de 2014. Reconhecendo a dificuldade de reverter a situação, alguns jogadores pediram dispensa da Seleção para não precisarem disputar o jogo de volta.

Fora da primeira partida por estar cumprindo suspensão, o goleiro Shafee foi o primeiro a se manifestar. O motivo que ele alegou foi não estar preparado. Na sequência, Deeb, Abdel Fattah, Taseen, Al Zawahra, Al Saify e Morjan seguiram os passos do arqueiro e também pediram para não viajar.

Sem oferecer resistência, Hossam Hassan, técnico da Jordânia aceitou dispensar os jogadores, mas a federação que organiza o futebol no país ainda tentará fazer com que os atletas mudem de ideia.

O jogo de volta que definirá o classificado ao Mundial está marcado para o dia 20 de novembro, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade