Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Atlético-MG e Goiás medem forças no Horto com objetivos distintos

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Mesmo focado no Mundial de Clubes, o Atlético-MG não quer abrir mão do Campeonato Brasileiro. A ideia do Galo é usar os últimos jogos da competição nacional como preparação para chegar bem ao Marrocos. Por isso, os alvinegros prometem não facilitar a vida do Goiás, jogo marcado para este sábado, às 21h, no Independência.

O risco de ter atletas lesionados não convenceu Cuca a poupar jogadores na reta final do Brasileiro. Com exceção de que não tem condições de entrar em campo, o restante do time será o que o Atlético-MG tem de melhor. O goleiro Victor retornou da Seleção Brasileira e reassume a vaga de titular no lugar de Giovanni.

O goleiro tem a expectativa de um grande jogo diante do time goiano, mas sabe que o Galo terá dificuldades. “O Goiás vem numa sequência muito boa, mas temos que fazer prevalecer nossa força no Independência. É um time que está brigando por vaga na Libertadores, mas temos nossos objetivos esse ano ainda e vai ser um jogo interessante”, afirmou.

Se Victor volta ao time, o mesmo não se pode dizer de Jô. O técnico Cuca ainda não sabe se poderá contar com o avante. O jogador faz tratamento de uma pancada que recebeu no joelho esquerdo, na vitória da Seleção Brasileira sobre o Chile, em amistoso disputado na última quarta-feira, em Toronto, no Canadá. Se não der para Jô, Alecsandro assume a vaga.

Os zagueiros Réver, com lesão no tornozelo esquerdo, e Emerson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, são baixas certas. Com isso, Leonardo Silva terá a companhia de Gilberto Silva na defesa. R10, Guilherme e Leandro Donizete seguem fora da equipe em tratamento de lesões.

Se para os atleticanos o jogo deste sábado vale apenas como treino, para os esmeraldinos representa a permanência no G4 e a ampliação das possibilidades de jogar a Libertadores em 2014. A aposta goiana para superar os mineiros é o bom desempenho da equipe fora de casa. Até o momento no Brasileirão foram seis vitória e cinco empates longe do Serra Dourada, fator que o capitão Amaral enxerga como positivo para o duelo contra o Galo.

“Sabemos do nosso potencial jogando fora de casa, vamos com o intuito de fazer um grande jogo, ir atrás da vitória, e seguir em busca de uma vaga na Libertadores”, disse o jogador, que prega concentração total apenas nos jogos que o Verdão ainda tem pela frente, o primeiro contra o Atlético-MG, depois contra o Grêmio em Porto Alegre, e fechando a participação contra o Santos em casa.

“Não precisamos torcer para ninguém se fizermos nossa parte, se ganharmos nossos três últimos jogos iremos alcançar nosso objetivo. Só dependemos de nós. Sabemos que é difícil enfrentar o Atlético-MG na casa deles, mas é possível vencermos”, concluiu.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X GOIÁS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de novembro de 2013, sábado
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (ASP-FIFA/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Herman Brumel Vani (CBF-1/SP)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gilberto Silva e Lucas Cândido; Pierre, Josué, Tardelli e Luan; Fernandinho e Jô (Alecsandro)
Técnico: Cuca

GOIÁS: Renan; Vítor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral, David, Eduardo Sasha e Ramon; Roni e Walter
Técnico: Enderson Moreira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade