Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Atlético-MG recebe Inter no Horto em mais um teste rumo ao Mundial

Dos correspondentes Vicente Fonseca e Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

No Atlético-MG ninguém esconde que o foco da equipe é o Mundial de Clubes no próximo mês, mas o Galo ainda tem jogos a cumprir no Brasileiro, e pretende usar estas partidas como uma espécie de laboratório para chegar bem ao Marrocos. Os alvinegros recebem o Internacional nesta quinta-feira, às 21h, no Independência, e as experiências de Cuca já devem começar contra o Colorado.

O treinador não terá o goleiro Victor e o avante Jô, que servem a Seleção Brasileira, abrindo possibilidade de experimentação. No gol, a troca é natural, com Giovanni ocupando a vaga. Já no ataque, o comandante atleticano pode escalar Alecsandro, reserva imediato de Jô, ou optar por uma formação sem um centroavante típico, o que é desejo de Cuca para a sequência do Galo.

Diante do Colorado, Alecsandro é o mais cotado para iniciar a partida, mas no decorrer do jogo, a tendência é a entrada de Luan, que jogaria pelos lados do campo, com Tardelli, Guilherme e Fernandinho se movimentando pelo campo ofensivo, formação que agrada aos jogadores que se colocam à disposição para ajudar no novo esquema.

“Se o Cuca pedir estou à disposição para fazer a função onde e quando ele precisar. Ele está treinando algo diferente, algo novo. Mas independentemente de quem entre, de quem estar no campo, nosso time vai ficar forte”, disse Fernandinho, prevendo dificuldades contra o Inter. “É um time muito bom, que vai trazer dificuldades. São jogos que vão nos fortalecer com vitórias. Queremos a vitória não só neste jogo, mas também nos próximos”, afirmou.

Arte GE.Net
Por outro lado, aliviado pela vitória sobre o Botafogo no último domingo, o Internacional chega a Belo Horizonte com 45 pontos, praticamente livre do risco de rebaixamento. Ainda assim, o Colorado garante que não está de férias antecipadas. O diretor de futebol Luís César Souto de Moura prometeu que a equipe fará “cinco finais” nestas rodadas derradeiras do Brasileirão, e jogará “pela dignidade”.

Na prática, o técnico Clemer tem aproveitado o campeonato como uma espécie de laboratório, onde jovens valores tentam mostrar seu futebol para saber se podem ser apostas para o ano que vem. Além de Alan, Jackson e João Afonso, que têm atuado com regularidade, mais um jovem deve começar a partida desta quarta: Cláudio Winck. Sobrinho do ex-lateral Luís Carlos Winck, o ala substituirá os lesionados Gabriel e Ednei, titular e reserva, respectivamente, da posição.

Os desfalques não param por aí. Juan, Kleber e Leandro Damião, que não vêm atuando nas últimas rodadas por conta de lesão, devem ficar de fora também da partida contra o Goiás, domingo. Para piorar, Scocco, que seria titular do ataque, teve lesão muscular na coxa confirmada por exames nesta quarta e é mais um que nem viaja a Minas. Rafael Moura é o favorito para ocupar seu lugar no comando do ataque.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X INTERNACIONAL

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de novembro de 2013, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ)
Assistentes:Dibert Pedrosa Moises (ESP/RJ) e Wagner de Almeida Santos (CBF-1/RJ)

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Lucas Cândido; Josué, Pierre, Diego Tardelli e Guilherme; Fernandinho e Alecsandro (Luan)
Técnico: Cuca

INTERNACIONAL: Muriel; Cláudio Winck, Alan, Jackson e Fabrício; João Afonso, Willians, Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Rafael Moura
Técnico: 
Clemer

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade