Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Berna agradece carinho e revela torcida por permanência do Flu

Rio de Janeiro (RJ)

Contratado pelo Fluminense em 2005, Ricardo Berna iniciou sua oitava temporada nas Laranjeiras em janeiro deste ano, mas, sem ser aproveitado, acabou emprestado pelo Náutico. O goleiro não conseguiu salvar o Timbu do rebaixamento, mas viveu uma situação bastante agradável nesta quinta-feira. Após a derrota por 2 a 0 justamente para o Tricolor, no Maracanã, o jogador teve seu nome gritado pelos torcedores da casa na saída de campo.

“Eu não saio satisfeito completamente por causa do resultado do jogo, mas estou feliz pelo reconhecimento do bom trabalho que fiz aqui. Tenho que agradecer a este torcedor e desejar sorte no restante do campeonato, pois sei o que eles estão vivendo. Nós não temos mais chances de escapar do rebaixamento, mas eles têm, então vamos torcer por eles”, disse Ricardo Berna.

A torcida do goleiro neste final de temporada pode ser explicada pela relação de Ricardo Berna com o clube das Laranjeiras. Em oito temporadas, o jogador teve suas chances na equipe titular e foi do céu ao inferno com o elenco tricolor. Campeão brasileiro em 2010 e 2012, o arqueiro também viveu o drama da luta contra o rebaixamento na competição nacional em 2009.

A negociação de Ricardo Berna, no entanto, não foi nada complicada. Ao perceber que o goleiro não seria utilizado, principalmente pela ótima fase vivida por Diego Cavalieri em 2012, a diretoria tricolor rescindiu o contrato do jogador e cedeu aos desejos do Náutico. A saída, porém, foi bastante amigável, e o clube carioca prestou homenagem com um texto sobre o atleta no site oficial.

Agora, com 34 anos, o goleiro tem pelo menos mais uma temporada garantida no time pernambucano, já que assinou contrato até o final de 2014. Com o rebaixamento confirmado, o destino de Ricardo Berna, no momento, será mesmo a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade