Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Boa Esporte recebe Paraná no jogo 50 de Marcelinho e com ingresso grátis

Dos correspondentes Wanderson Lima e Luiz F. Fagundes Belo Horizonte (MG)

Com 44 pontos, ocupando o 11º lugar na tabela da Série B do Brasileiro, o Boa Esporte já não tem chances de acesso e também não corre riscos de rebaixamento, mas nem por isso o time de Varginha vai facilitar a vida do Paraná Clube no jogo desta sexta-feira, às 21h50, no Melão, em Varginha. O objetivo dos jogadores bovetas é mostrar serviço para permanecer na equipe em 2014.

A diretoria do clube já trabalha no planejamento para a próxima temporada, mas ainda concentra forças na reta final do Brasileiro. Contra o Paraná, a partida será especial para o veterano Marcelinho Paraíba que vai completar 50 jogos com camisa do Boa Esporte, motivo de orgulho para o jogador, que avalia que trajetória na equipe de Varginha é bem sucedida.

“Para mim, o retrospecto no Boa Esporte é bem positivo. Consegui participar da conquista da Taça MG que para mim representa muito, além de uma boa campanha na Série B. Estou feliz e espero completar 50 jogos fazendo gols e na reta final ajudar o Boa a chegar o mais longe possível”, disse o atleta, que garante que tem se cuidado bastante fora de campo.

“Às vezes eles me chamam de velhinho, de vovô. Então eu respondo para eles dentro de campo, correndo mais que eles. Já fui muito de balada, mas hoje em dia tenho mais atenção. Procuro não exagerar para chegar bem no treino no dia seguinte e esses cuidados têm me ajudado”, garante.

Para prestigiar o jogo 50 de Marcelinho Paraíba, a diretoria do Boa Esporte quer a presença do torcedor no Melão, por isso, decidiu liberar dois mil ingressos grátis para o duelo contra o Paraná. Outro objetivo é manter o interesse da cidade no Boa Esporte já pensado no público para o Mineiro de 2014.

Por outro lado, pressionado pelos maus resultados do segundo turno e torcendo por uma rodada que ajude em sua luta para chegar ao acesso, o Paraná Clube precisa, antes de tudo, fazer sua parte e bater o adversário fora de casa. A situação é tão delicada que mesmo um empate, que em outras circunstâncias poderia ser um bom resultado, já não serve mais ao Tricolor, que viu sua gordura no G4 derreter e, a cada rodada, vê a briga se intensificando, com mais times e menos espaço para errar.

O técnico Dado Cavalcanti, que depois de garantir sua permanência até o final da temporada tenta fechar o time em busca do principal objetivo do clube, sabe que precisará fazer pelo menos uma alteração da equipe. O zagueiro Anderson, que se machucou diante do Palmeiras, está fora. Assim, Brinner e Edimar formarão a zaga. Pelo meio, com Lúcio Flávio liberado para jogar, a briga fica entre Kayke e Paulinho Oliveira, que ganhou espaço no time.

“Teremos o Anderson fora, por lesão. Eu quero trazer o Paulinho Oliveira para o jogo, as vezes que ele entrou sempre foi bem. Teve apenas um jogo que começou jogando. Meu pensamento é trazê-lo para o jogo, porque é um jogador que tem muito a acrescentar”, afirmou o treinador paranista, que não quer descaracterizar demais a equipe. “Penso nessas trocas iniciais, sem mexer tanto na espinha, que já é formada desde o começo do campeonato”, concluiu.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
BOA ESPORTE X PARANÁ CLUBE

Local: Estádio Melão, em Varginha (MG)
Data: 08 de novembro de 2013, sexta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes:Ramires Santos Candido (ES) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)

BOA ESPORTE: Douglas; Rafinha, Ciro Sena, Thiago Carvalho e Petros; Rodrigo Souza, Betinho, Vinicius Hess e Marcelinho Paraíba; Malaquias e Fernando Karanga
Técnico:Nedo Xavier

PARANÁ: Luis Carlos; Roniery, Edimar, Brinner e Tiago Silva; Ricardo Conceição, Edson Sitta, Lucio Flavio e Paulinho Oliveira; JJ Morales e Kayke (Paulo Sérgio)
Técnico:Dado Cavalcanti

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade