Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Botafogo evita fazer contas para conquistar vaga na Libertadores

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

A derrota de 1 a 0 para o Goiás fez o Botafogo despencar para a quarta posição do Campeonato Brasileiro, com 53 pontos, apenas um a mais que o Goiás, quinto colocado. O risco de deixar o G-4, a zona de classificação para a Libertadores, tem feito os torcedores apelarem para a calculadora, fazendo as contas sobre os pontos necessários para garantir um posto no torneio continental. Os jogadores, porém, parecem avessos às contas e preferem pensar a situação do time jogo a jogo.

“Não podemos ficar fazendo contas. Temos que pensar sempre no próximo jogo, pois existem vários fatores que podem interferir nesta disputa pelas vagas na Libertadores. O importante é termos uma pontuação que nos garanta no torneio independentemente do que acontecer em outras competições. Para conseguirmos isso temos que pensar sempre jogo a jogo”, disse o zagueiro Bolívar.

O xerife botafoguense, quando fala de fatores que interferem no G-4, refere-se ao fato de que, se São Paulo ou Ponte Preta conquistarem a Copa Sul-americana, o Brasileirão perde uma vaga na Libertadores, com apenas os três primeiros se garantindo. Em compensação, caso isto não aconteça e um time do G-4 ganhe a Copa do Brasil, o G-4 passaria a ser G-5, tranquilizando os participantes que figuram no primeiro posto.

“Vamos procurar pensar sempre na próxima partida. Não adianta fazermos contas neste momento. Faltam seis jogos e algumas coisas nos parecem óbvias, como a necessidade de vencermos sempre em casa. Mas isso não significa que vamos estar na Libertadores. O segredo é pensar em cada jogo e tentar os pontos necessários”, disse o goleiro Jéfferson.

Se o Botafogo prefere pensar no próximo jogo, o desafio que está por vir é o duelo contra o Internacional, previsto para este domingo, às 17 horas (de Brasília), em Caxias do Sul (RS), pela 33ª rodada. Para este compromisso o técnico Oswaldo de Oliveira vai poder contar com o retorno do zagueiro Dória, que cumpriu suspensão diante do Goiás e vai recuperar o posto de André Bahia. No restante o time deverá ser o mesmo que atuou na capital goiana. Porém, uma definição começará a acontecer somente nesta quarta-feira pela manhã, quando está prevista a primeira atividade tática da semana.

BRUNO MENDES: fora de campo a diretoria informou aos representantes do atacante Bruno Mendes que não deseja prorrogar o contrato do jogador, que chegará ao fim em 31 de dezembro. O Glorioso possui 25% dos direitos federativos do atleta, mas não vai criar problema em caso de negociação com nenhum outro clube. Além disso, os dirigentes alvinegros avisam que deverão vender esse percentual para o futuro clube do jogador, caso o mesmo tenha interesse.

Nos bastidores de General Severiano circula a informação de que Oswaldo de Oliveira estaria insatisfeito com o comportamento fora de campo do jogador, que seria adepto a festas noturnas. Porém, outras fontes dizem que a queda de rendimento tem a ver somente com a série de lesões que o jogador sofreu. Além disso, o atacante sofreu com uma verruga na sola do pé, que necessitou de cirurgia.

Contratado no ano passado do Guarani-SP, Bruno Mendes ganhou destaque na reta final do Campeonato Brasileiro, marcando gols importantes como na vitória de 3 a 2 sobre o Vasco, quando deixou a sua marca duas vezes, e no empate por 1 a 1 com o Grêmio, em Porto Alegre, quando garantiu o empate já nos acréscimos do segundo tempo. Neste ano, porém, caiu muito de produção, foi utilizado apenas 20 vezes e marcou somente dois gols, sendo ambos pelo Campeonato Carioca. O Monaco, da França, estaria de olho na situação do jogador e pode apresentar alguma proposta.

Ainda em relação aos demais jogadores, outros nomes estão sendo avaliados por Oswaldo de Oliveira, mas o treinador só deverá conversar com a diretoria assim que acabar a participação do Botafogo no Campeonato Brasileiro. O futuro do próprio técnico é incerto, embora as chances de uma renovação por mais uma temporada são enormes neste momento.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade