Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Cícero divide méritos com colegas e mantém sonho por G-4

São Paulo (SP)

O meio-campista Cícero se destacou com dois gols na vitória por 3 a 0 do Santos sobre o Bahia, mas não assumiu a condição de herói do Peixe na noite desta quinta-feira, no estádio do Pacaembu. O artilheiro do confronto preferiu manifestar seu reconhecimento aos colegas pela ajuda nos gols.

“Voltamos para o segundo tempo com a proposta de contra-ataque, porque sabíamos que eles sairiam para o jogo. Mas nosso time fez umas jogadas que eram ‘sacanagem’, com Montillo, Thiago Ribeiro e Geuvânio. É mérito de todo mundo”, afirmou.

O Santos abriu o placar com o meia argentino, que recebeu de Emerson, passou pela marcação e mandou para as redes. No segundo tempo, Thiago Ribeiro avançou pela direita e cruzou atrás da zaga para Cícero completar para o gol.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Cícero marcou dois gols e ganhou um abraço de Montillo, que marcou o primeiro do Peixe
Pouco depois, o mesmo atacante roubou a bola no meio-campo e lançou para Montillo, que ajeitou de cabeça para Cícero marcar mais uma vez. Depois da vitória, o autor dos dois tentos manifestou seu sonho de chegar à zona de classificação para a Copa Libertadores.

“Nós queríamos o título e não conseguimos, mas estamos vivos pelo G-4 e vamos continuar lutando”, completou o atleta, lembrando que o Peixe chegou aos 48 pontos, na parte intermediária da tabela da tabela do Campeonato Brasileiro. O quarto colocado é o Goiás, que tem 56.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade