Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Claudinei defende Neílton no sub-20 do Santos: “Para ganhar ritmo"

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Após jogar pelo time sub-20 do Santos na primeira partida semifinal da Copa do Brasil da categoria, na qual o clube alvinegro foi derrotado pelo Atlético-MG, por 2 a 0, o atacante Neílton irá, mais uma vez, atuar pela equipe da base. O técnico Claudinei Oliveira confirmou que o atleta estará à disposição do time Júnior no duelo decisivo contra o Botafogo-SP, por uma vaga na semifinal do Campeonato Paulista sub-20. O jogo acontece neste sábado, às 16 horas (de Brasília), no CT Rei Pelé, e os santistas precisam vencer por dois gols de diferença.

Segundo o treinador da equipe alvinegra, a decisão de colocar Neílton para jogar com os juniores novamente foi causada pela falta de ritmo do atacante. Claudinei destacou que, durante o período em que se recuperou de uma lesão no tornozelo direito, Neílton perdeu espaço dentro do elenco principal.

“O Neílton ficou um tempo sem treinar e o sub-20 estava precisando de atacante. Além disso, como ele vinha retornando (de contusão), optamos por deixar ele lá, para ganhar ritmo de novo. No profissional, temos o Geuvânio e o Victor Andrade que já vinham trabalhando e estão em um ritmo superior ao dele. Como o Neílton não está 100%, ele não ajudaria tanto quanto pode ajudar nos Juniores”, explicou o comandante alvinegro.

Claudinei Oliveira ainda afirmou que o avante também deve integrar os Juniores no duelo de volta das semifinais da Copa do Brasil, contra o Galo, na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro. “O sub-20 tem o Botafogo-SP e o Atlético-MG pela frente, precisando reverter o placar em ambas as oportunidades. Acho que ele vai ajudar bastante”, encerrou.

Vale lembrar que Neílton tem contrato até maio do ano que vem com os santistas. A cúpula da agremiação alvinegra fez uma proposta de renovação, rejeitada pelo atleta. Com isso, o seu futuro segue indefinido.

Caso não acerte a ampliação do seu vínculo com o Santos, Neílton poderá assinar um pré-contrato com qualquer outra agremiação a partir do fim deste mês.

Na equipe principal, o atacante esteve em campo, pela última vez, no empate com o Internacional-RS, por 0 a 0, no último dia 16, na Vila Belmiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade