Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Cleber Santana pede compreensão por situação financeira do Avaí

Florianopolis (SC)

O Avaí não tem mais chances de chegar à elite do futebol brasileiro em 2014, e o meia Cleber Santana garantiu que a oportunidade não foi desperdiçada por causa dos salários atrasados: “O salário atrasou dois meses, dois meses e pouco. Não perdemos por causa disso. É difícil porque temos o objetivo de chegar à Serie A e chegamos próximo. Perdemos cinco jogos seguidos e isso nunca havia acontecido”, afirmou.

Cleber ainda lembrou que essa situação não é um problema recorrente apenas no clube catarinense. “Chega aquela data combinada, os jogadores têm compromisso e os clubes devem honrar. Os jogadores têm suas dividas e querem pagar em dia. São poucos (clubes) que pagam na data combinada. O salário, eu tenho certeza, que a diretoria está tentando colocar a casa em ordem”, disse.

“Conversamos quando se é perguntado o que pode melhorar, a gente tenta ajudar e eles se esforçam ao máximo para que as coisas estejam em dia. Os jogadores cobrarem estão no direito deles. A torcida às vezes não entende, porque age pela emoção, e chama os jogadores de mercenários, mas é um direito”, disse em referencia à cobrança que os atletas sofrem da torcida.

O Avaí realizou treino físico e tático no estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), na manhã desta terça-feira (19). O próximo jogo da equipe de Hemerson Maria é sábado, às 17h20 (Brasília), no estádio Frasqueirão, contra o ABC-RN.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade