Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Clemer se irrita com pedidos por Forlán e exalta outros atacantes

Porto Alegre (RS)

Nesse domingo, Diego Forlán olhava sem reação do banco de reservas seus colegas perderam uma série de chances no 0 a 0 com o Coritiba enquanto os torcedores pediam o seu nome. Tanta cobrança irrita Clemer, que cita a qualidade exatamente de quem perdeu gols para justificar a falta de chances ao caro uruguaio.

“Enfrentei o Coritiba com, praticamente, três atacantes: D’Alessandro, Leandro Damião e Otávio. E nenhum dos três estava mal. Vou botar o Forlán onde?”, perguntou o técnico, apesar de Otávio pouco ter aparecido, D’Alessandro ter assustado só em chute na trave e Leandro Damião ter perdido chance com o gol vazio.

Clemer, inclusive, se contradisse durante sua entrevista coletiva após o jogo ao falar exatamente que “faltou qualidade” para balançar as redes. Seu outro argumento, então, foi o de preocupação defensiva, apesar de o adversário pouco ter feito o goleiro Muriel trabalhar.

“Se eu boto mais um atacante, quem vai marcar? Futebol não é só botar atacante”, tentou ensinar. “Não podíamos perder o jogo. O jogo estava perigoso, eu não podia abrir o time. E o Josimar foi um dos melhores”, falou, citando um dos volantes que poderiam sair.

Alexandre Lops/Divulgação/Internacional
Forlán comemora gols em treinos enquanto seus colegas de ataque mostram qualidades só vistas por Clemer
As poucas chances a Forlán irritaram também Willians, volante titular que saiu de campo reclamando que o técnico tem jogadores e “não faz nada”, já que sua única substituição foi tirar o lateral direito Ednei para improvisar Jorge Henrique e colocar o meia Alex.

Para Clemer, porém, não fazer gol é detalhe. E o melhor jogador da última Copa do Mundo está longe de ser uma solução. “Quando a bola não entra, é assim. São coisas do futebol. Mas o time teve uma consistência boa, não tivemos nenhum perigo contra o Muriel. E criamos várias chances, só faltou botar para dentro”, apontou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade