Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com 'campeões' prontos, Marcelo Oliveira não quer conforto na Raposa

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A fase do Cruzeiro é tão boa que o técnico Marcelo Oliveira não precisa se preocupar para armar a equipe celeste para o duelo decisivo contra o Grêmio, neste domingo, no Mineirão. O treinador tem praticamente todos os titulares à disposição, a única baixa é Bruno Rodrigo, que se recupera de lesão e já vem sendo substituído por Léo. Com isso, o time que pega os gaúchos será o mesmo que derrotou o Santos na rodada passada.

Marcelo Oliveira poderá contar novamente com o atacante Willian, poupado na partida contra o Peixe por desgaste físico, mas manteve Dagoberto na frente, ao lado de Borges. “Eu acho que o William vinha muito bem, se contundiu, o Dagoberto jogou dois jogos, jogou bem também e não tem problema nenhum. O William é um excepcional jogador e o Dagoberto vai nos trazer a sua experiência pare esse jogo”, declarou.

Diante disso, o Cruzeiro entrará em campo contra o time gaúcho, em jogo que pode garantir o terceiro título do Brasileirão à Raposa, com a seguinte formação: Fábio; Ceará, Dedé, Léo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Dagoberto e Borges.

Apesar da iminência do título brasileiro, o comandante celeste espera que a equipe mineira desempenhe mais um grande futebol, como fez durante toda a competição, e mantenha a concentração em busca da vitória, que pode garantir a conquista ao Cruzeiro, ou, caso o Atlético-PR vença o São Paulo, em Curitiba, adiaria o título para a partida seguinte, diante do Vitória, na próxima quarta-feira, em Salvador.

“O futebol é muito dinâmico e você não pode se sentir confortável, se sentir acomodado, com aquilo que já fez. Precisamos agregar mais, fazer um grande jogo, jogar bem e, se possível, ganhar. O Cruzeiro tem que pensar no seu jogo, concentrar, canalizar toda energia no seu jogo”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade